Estética

02/05/2015 09:21 - Atualizado em 09/12/2016 03:11

Você sabe como evitar espinhas? Confira 7 dicas

A isotretinoína oral atenua as glândulas sebáceas e diminui a secreção oleosa.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Sinônimo de puberdade, as espinhas aparecem durante a transição da infância para a adolescência. Odiada por todos, as marquinhas, além de deixarem o visual nada bonito, podem acarretar dores e cicatrizes permanentes. Descubra como elas surgem e veja algumas dicas de como evitar espinhas.

Quando as espinhas surgem?

Elas aparecem com mais frequência durante a adolescência. Podem surgir também em indivíduos com problemas hormonais e em mulheres que estejam enfrentando a tão terrível tensão pré-menstrual (TPM).

Para saber como as espinhas surgem, nós devemos entender a combinação de três elementos: células mortas, bactérias e a sebo. A partir do momento em que esses três elementos se mesclam e obstruem os poros, vazando para outros tecidos, o inchaço, a vermelhidão e o pus se tornam aparentes.

como evitar espinhas

Os locais onde as espinhas são mais vistas são rosto, pescoço, busto, costas e ombros, regiões em que as glândulas sebáceas - glândulas responsáveis pela formação de sebo - aparecem em maior quantidade.

Tratamentos para espinhas

Apenas recomendado por dermatologistas, o uso de isotretinoína oral, o medicamento indicado para casos mais graves, leva à atenuação das glândulas sebáceas e à diminuição da secreção oleosa. Extremamente efetivo, o tratamento deve ser analisado por médicos e descontinuado caso apareçam reações desagradáveis. Saiba mais:

Antibióticos orais: auxiliam no combate das bactérias e diminuem o tamanho das lesões.

Pílulas anticoncepcionais: são indicadas para meninas que estejam com lesões na pele. As pílulas controlam a menstruação e deixam os hormônios regulados.

Isotretinoína oral: é o remédio recomendado em casos mais graves de acne. Pode acarretar ressecamento labial, queda de cabelo e sangramento nasal.

Para evitar espinhas e se ver livre das terríveis marquinhas, você, além de manter o contato direto com o dermatologista, deve utilizar produtos indicados para o seu tipo de pele. Eles são imprescindíveis para a limpeza e a diminuição do sebo, o causador da obstrução dos poros.

como evitar espinhas

Como evitar espinhas em casa

1. Exclua de sua rotina todos os cosméticos que contenham óleo em sua fórmula.

2. Não encoste na pele constantemente. O contato das mãos com o rosto pode ocasionar a produção de mais sebo.

3. Alimente-se de forma saudável, excluindo os alimentos gordurosos e muito calóricos de sua dieta.

4. Tente viver uma vida tranquila e livre de estresse.

5. Jamais tente abrir ou espremer alguma espinha. O contato das bactérias das mãos pode levar ao agravamento das lesões.

6. Aplique protetor solar diariamente. Lembre-se de procurar opções oil free, encontradas em farmácias e lojas especializadas em produtos para a beleza da pele.

7. Lave o seu rosto várias vezes durante o dia, especialmente se você tiver tendência à oleosidade. Para as meninas que apostam nas makes, os produtos redutores de brilho devem ser aplicados antes da base.

Gostou das dicas de como evitar espinhas? Então deixe um comentário! E não esqueça que você sempre encontra novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
rosto
oleosidade
acne
espinhas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ