Estética

01/04/2015 02:35 - Atualizado em 17/12/2016 04:57

Rostos simétricos são mais bonitos? A ciência responde

Da arte às pesquisas científicas, rostos proporcionais são considerados um ideal de perfeição.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Culpe os matemáticos pela noção de que o belo tem simetria. De acordo com alguns estudos, os rostos simétricos são percebidos como mais bonitos.

A medida facial mais próxima da perfeição seria mais ou menos esta: o comprimento da face deveria ser, aproximadamente, uma vez e meia superior à largura. As proporções do rosto seriam harmoniosas dos cabelos até os olhos, do meio dos olhos até o nariz e dali até o queixo. Por fim, as duas metades verticais do rosto deveriam ser iguais.

As medidas semelhantes proporcionaram a simetria do rosto. Mas por que esse padrão? Isso realmente diz algo sobre a beleza? Descubra.

rostos simetricos

Quem disse que beleza é simétrica?

Na Universidade de Bristol, no Reino Unido, investigadores descobriram que as fêmeas de animais têm mais atração pelos machos com proporções mais simétricas. Foram analisados pássaros com anéis de cores iguais e diferentes nas pernas. Aqueles que apresentavam anéis iguais acasalavam com mais facilidade.

Outras espécies também foram estudadas, sendo que para mais de 40 delas, em 78% dos casos, a simetria influenciava diretamente no êxito de acasalamento ou na atração sexual dos animais. Para os bichos, ter proporções simétricas indica saúde e boa genética.

rostos simetricosJá os rostos simétricos como ideal de perfeição apareceram na Grécia Antiga. Além da paixão por números, os gregos gostavam de ordem e proporção clara.

Dessa forma, quanto mais uma face tivesse proporcionalidade matemática, mais perfeita e bela seria considerada.

Os estudiosos buscavam na ordem uma forma de compreender padrões, inclusive de beleza. Os cálculos geométricos, assim, influenciavam a arte, expressão máxima do que era belo na época.

Esculturas e pinturas eram cuidadosamente desenhadas, com minúcia simétrica. Quanto mais proporcional, mais bonito.

Na expressão de beleza humana, as orelhas e o nariz tinham comprimentos iguais. As figuras seguiam um padrão matemático, que garantia harmonia e rostos simétricos perfeitos.

Leonardo da Vinci e Michelangelo, por exemplo, faziam cálculos anatômicos para garantir a beleza de suas obras. Foi assim que a simetria se perpetuou como ideal de beleza até os dias de hoje.

Rostos simétricos têm relação com saúde?

Os macacos que possuem rostos simétricos são mais saudáveis. Pelo menos, é o que indica uma pesquisa feita pela Universidade de Stirling, na Escócia, e pelo  Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos. Segundo os investigadores, o estado geral de saúde dos animais diminuía conforme sua simetria. Quanto menos simétricos, menos saudáveis.

A experiência estudou 93 fêmeas de macacos, fotografadas de frente. A simetria da face foi analisada por computador, calculando-se distâncias e medidas de proporção. Foram levadas em conta também questões como musculatura, qualidade do pelo, ganho de peso e feridas. A pesquisa mostrou, ainda, que a preferência sexual dos machos era pelas fêmeas simétricas.

Recentemente, o fotógrafo Julian Wolkenstein fez uma exposição na qual produziu duas imagens diferentes de rostos. Uma delas contemplava o lado esquerdo e outra, o lado direito da face. O trabalho serviu como uma forma de reflexão sobre os padrões de beleza e a importância de aceitar-se como se é. Afinal, nem sempre é saudável buscar ideais de perfeição.

Você também valoriza a simetria? Deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
simetria
beleza do rosto
padrões de beleza
genética

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ