Estética

05/12/2014 09:50 - Atualizado em 17/11/2016 02:02

Riscos do hidrogel: Entenda o caso de Andressa Urach

Utilizado para fins estéticos, hidrogel pode causar necrose, trombose e até infecção.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Uma conhecida arma estética ganhou atenção da mídia ao longo do mês de dezembro. E foi por razões negativas. Costumeiramente aplicado para aumentar coxas e glúteos, o hidrogel está no centro de uma polêmica que envolve o estado de saúde da modelo e atriz Andressa Urach. Ela sofreu uma infecção generalizada por conta do procedimento realizado há 5 anos.

O produto é um gel preparado a partir da mistura de 98% de água e 2% de poliamida e vem sendo usado no Brasil desde 2008, também aplicado no preenchimento de rugas e linhas de expressão na região do rosto. Desde 31 de março de 2014, contudo, a sua comercialização está proibida pela Anvisa, Agência Nacional de Vigilancia Sanitária.

hidrogel

Como o hidrogel é aplicado

A aplicação do hidrogel é feita a partir de uma microcânula, injetada no local em que o paciente deseja o preenchimento estético. O procedimento deve ser feito em ambiente hospitalar, com a supervisão de um cirurgião plástico ou dermatologista. O produto costuma ter seu efeito por cerca de dois anos no corpo humano.

Vários casos como o de Andressa foram denunciados recentemente no Brasil, com mulheres que também enfrentaram problemas de saúde - incluindo óbitos - em razão de intervenções realizadas por profissionais desautorizados. Por isso, vale conhecer melhor sobre as indicações do hidrogel com uma clínica habilitada antes de se arriscar em nome de possíveis benefícios estéticos.

Conheça 3 riscos do hidrogel

Necrose

O produto pode fazer pressão sobre um vaso sanguíneo, fazendo com que o fluxo de sangue seja interrompido ou acabe diminuindo. Nesses casos, pode ocorrer a necrose do tecido.

Tombrose

Se injetado dentro de um vaso sanguíneo, o hidrogel pode provocar trombose. Essa é uma perigosa complicação, pois pode levar à embolia pulmonar e cerebral, além de morte.

Infecção

O hidrogel gruda no tecido muscular e, por isso, a ocorrência de dores é esperada. Mas é a infecção o efeito adverso mais comum. Dependendo do local afetado, pode ser necessário realizar a retirada de parte do músculo junto ao gel. Ainda assim há riscos, pois o produto pode se espalhar pelo organismo.

Caso Andressa Urach

andressa-urachA modelo e atriz, Andressa Urach, 27 anos, vem chamando a atenção por seu corpo escultural e lingua afiada. Com declarações polêmicas, a jovem contou para os sites de fofoca até sobre uma possível noite de amor com o jogador Cristiano Ronaldo.

Em 2009, a ex-participante do reality show A Fazenda injetou cerca de 500 ml de hidrogel em suas pernas. O produto foi retirado em 22 de julho deste ano, pois estava causando dores em Andressa.

No dia 28 de novembro, a modelo passou por mais uma cirurgia, enfrentou complicações e desde então está internada no Hospital Conceição, em Porto Alegre.

Andressa sofreu uma infecção generalizada, passando a respirar por aparelhos. Após alguns dias sedada, a modelo já está acordada e conversando. Segundo boletim médico divulgado na quinta-feira, dia 4, ela não deve sofrer sequelas estéticas e funcionais e tem a sua alta prevista para as próximas semanas.

Agora que você conhece os riscos do hidrogel, já sabe que é importante aliar cuidados de saúde na hora de ficar mais bonita, não é mesmo? Deixe um comentário e não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
estética
beleza
saúde
cirurgia plástica

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ