Estética

28/03/2016 05:00 - Atualizado em 04/12/2016 10:58

Pernas lindas! Conheça a secagem de vasinhos

Técnicas são alternativa para mulheres insatisfeitas com a aparência das pernas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Uma pesquisa da Abbott Laboratories, empresa de produtos farmacêuticos nos Estados Unidos, descobriu que 60% das mulheres acima dos 35 anos se sentem insatisfeitas com as pernas. Entre as principais culpadas estão as varizes. Em busca de solução para esse problema, a escleroterapia tem sido procurada por algumas pacientes para a secagem de vasinhos.

Esse procedimento estético pode ser realizado em qualquer época do ano, mas o inverno pode auxiliar em melhores resultados. Com as temperaturas frias, as manchas mais difíceis e escuras têm mais probabilidade de serem removidas. Saiba como recorrer ao procedimento e tenha pernas lindas!

Técnicas de secagem de vasinhos

mulher mostra as pernas após secagem de vasinhosOs vasinhos não são os responsáveis pelo aparecimento das varizes, mas sim o contrário. Os pequenos vasos podem indicar, inclusive, que existem problemas mais sérios no sistema circulatório.

Eles surgem principalmente em pessoas sedentárias, obesas e que costumam utilizar anticoncepcionais ou repositores hormonais.

Gestantes e pessoas que ficam muito tempo sentadas também podem desenvolver o problema. Por isso, o ideal  é controlar a alimentação e fazer exercícios.

As veias que dilatam e marcam a pele podem, ainda, desenvolver-se por fatores genéticos. Elas aparecem em qualquer idade, inclusive em adolescentes, em função das mudanças hormonais.

Quando esse problema surge, não é apenas a escleroterapia que auxilia na remoção das varizes e dos vasos nas pernas. Conheça essa a algumas outras técnicas para a secagem de vasinhos.

Escleroterapia

Nesse tipo de tratamento, uma substância é injetada nos vasinhos, agredindo-os e provocando uma inflamação. Assim, eles se desfazem e são absorvidos pelo organismo. O composto mais utilizado nessa terapia é a glicose hipertônica a 75%, que não provoca alergias.

Laser

Quando associado às aplicações de glicose, o laser potencializa o tratamento para secagem de vasinhos. O medicamento atua nos vasos mais grossos e marcados, enquanto o raio remove os mais finos.

Crioanalgesisa

Uma terapia que também é combinada com o laser, a crioanalgesisa consiste em um jato de ar a 18 graus negativos que, quando colocado sobre a região com varizes, diminui a dor provocada pelo laser.

Alimentos corretos podem ajudar

Grande parte das mulheres não procura nenhum auxílio para secar os vasinhos. De acordo com a pesquisa da Abbott, 68% delas têm medo de recorrer aos tratamentos estéticos e de tomar os medicamentos prescritos. Na maioria dos casos, elas apenas tomam relaxantes musculares para evitar a dor.

Para evitar que as varizes apareçam e deem origem aos vasinhos, alguns alimentos e produtos podem contribuir na prevenção. A castanha-da-índia, por exemplo, possui um princípio ativo chamado escina, que colabora para o bom fluxo sanguíneo.

A escina age como anti-inflamatório e antiedametoso, além de aumentar a tonicidade das veias, melhorando os resultados no tratamento de doenças venosas crônicas.

Quando optar pela secagem dos vasos em consultório, prefira sempre o inverno e pouca exposição ao sol. Os raios ultravioleta podem transformar os hematomas do tratamento em manchas que se tornam difíceis de tratar. Ao sair ao sol, é importante recorrer a um protetor solar de fator alto, como 50 ou 60.

Gostou das dicas de beleza? Então deixe um comentário! E aproveite para conferir outras novidades para o seu bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
escleroterapia
varizes
má circulação
laser

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ