Estética

18/12/2015 01:00 - Atualizado em 05/12/2016 10:31

Nem todos os tipos de silicone servem para o corpo

O silicone industrial pode causar reações alérgicas, deformações e até mesmo a morte.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Seios maiores, bumbum empinado, coxas mais grossas. O sonho de dar um "up" no corpo é bastante comum entre as brasileiras, mas, para ter sucesso no procedimento, é preciso estar atenta aos diferentes tipos de silicone e às próteses mais seguras.

Antes de se submeter a qualquer mudança, é preciso pensar sobre o assunto, informar-se e, claro, buscar um profissional qualificado. Pesquisar por boas recomendações é uma forma de garantir melhores resultados. Confira outras dicas a seguir.

mulher avalia tipos de silicone

Fique atenta aos tipos de silicone impróprios

Uma cirurgia estética deve receber os mesmos cuidados que qualquer outra intervenção. Infelizmente, os procedimentos clandestinos ainda são comuns em todo o Brasil, deixando em risco a saúde de homens e mulheres.

Apesar de as travestis serem as principais vítimas do silicone industrial, substância imprópria para o corpo humano, algumas mulheres também se aventuram pelo processo de baixíssimo custo. Reações alérgicas severas, deformações, dificuldades de se movimentar e até a morte são algumas das consequências dessa substância.

A principal diferença entre os tipos de silicone industrial e tradicional é a qualidade do produto utilizado e a forma de aplicação. Enquanto as cirurgias plásticas realizadas em clínicas têm aprovação da vigilância sanitária, garantindo limpeza e segurança à paciente, a aplicação irregular utiliza produtos feitos para limpeza de carros ou de superfícies, em uma situação precária e perigosa.

Atraídas pelo baixo custo do implante, algumas pessoas se arriscam e apostam nesse produto. No entanto, mesmo que o implante pareça ter sido um "sucesso", as sequelas tendem a chegar e causar muito desconforto ao paciente.

A consequência mais grave dos tipos de silicone impróprios é o contato da substância com a corrente sanguínea, provocando a septicemia, conhecida como infecção generalizada.

[[saiba_mais]]

Procure por um bom profissional

A mamoplastia é a principal cirurgia plástica realizada no Brasil. Qualquer implante de silicone pode trazer riscos à saúde, mas, ao escolher um médico sério, que conte com uma clínica ou hospital em condições legais de realizar o procedimento, as chances de algo dar errado são mínimas.

É fundamental que você converse com seu médico de maneira honesta, explicando quais são suas expectativas e objetivos com o procedimento. Para obter o resultado desejado no processo, leve em consideração não só o que você busca, mas também a avaliação e os conselhos do profissional.

Lembre-se que a cirurgia plástica deve ser uma escolha própria, livre de qualquer pressão imposta pela sociedade ou companheiro. Esse procedimento deve ser feito para melhorar a sua qualidade de vida e a sua autoestima.

Não tenha medo de consultar mais profissionais e escolher aquele com quem você mais se sentir segura. Desconfie de preços muito abaixo do mercado ou de médicos sem referências. Esteja atenta aos cuidados pré e pós-operatórios e garanta uma recuperação tranquila e sem sustos.

Você sabia que alguns tipos de silicone são impróprios para o corpo? Deixe um comentário sobre o que você achou do artigo! E aproveite para conferir outras dicas de beleza aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
prótese mamária
mamoplastia
implante de silicone
silicone industrial

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ