Estética

04/08/2015 08:05 - Atualizado em 07/12/2016 04:16

Mentoplastia corrige imperfeições no queixo

Cirurgião plástico tira dúvidas sobre o procedimento e explica em quais casos a técnica é recomendada.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A mentoplastia é um procedimento cirúrgico que visa a remodelar o queixo. O procedimento pode envolver diversas técnicas, com ou sem o uso de próteses. Muitos pacientes buscam, com essa cirurgia plástica, uma maior proporcionalidade no rosto.

Quando o queixo é muito saliente ou até mesmo muito para trás, algumas pessoas enfrentam problemas de autoestima e autoconfiança, refletindo diretamente na sua qualidade de vida. Na consulta com um especialista é fundamental ser honesto quanto a suas expectativas. Saiba quando recorrer ao procedimento.

mentoplastia

Como a mentoplastia funciona

O cirurgião plástico Eduardo Furlani explica que o acesso pode ser feito com um pequeno corte por dentro da boca, ou então até sem cortes, com o microenxerto de gordura. A solução depende sempre de cada caso, cada feição e cada expectativa.

A avaliação deverá levar em conta o rosto como um todo para, assim, identificar-se o tamanho e a proporção do novo queixo. A análise facial visa a identificar a desarmonia e está muito associada à rinoplastia (plástica no nariz), o que faz muitos pacientes procurarem pelos dois procedimentos para um resultado satisfatório.

O médico explica que a mentoplastia é indicada para pessoas com hipomentonismo (queixo pequeno). "Entretanto, a maioria das pessoas com essa característica não consegue perceber isso sem a ajuda de um especialista e, às vezes, pensa que o problema é de excesso de papada ou nariz grande", explica o especialista.

Segundo Dr. Eduardo, a mentoplastia em queixos pequenos costuma ser um procedimento rápido e bastante seguro. No entanto, ele é contraindicado para pacientes como retrognatia, ou seja, mandíbula recuada. Nestes casos, o indivíduo precisará de outro tipo de intervenção.

Além disso, pessoas com o queixo muito protuberante também podem ser avaliadas para uma mentoplastia. É preciso uma análise mais complexa, que verifica ossos e tecidos para se proceder com a alteração.

Cuidados pré e pós-operatórios

O médico cirurgião plástico explica que os cuidados pré e pós-operatórios dependerão diretamente da técnica usada no procedimento. Antes da cirurgia, esteja preparado para discutir com o cirurgião plástico sobre suas expectativas acerca dos resultados. Além disso, seja completamente honesto quanto ao seu histórico de saúde.

Os cuidados pós-operatórios costumam ser tranquilos. Segundo Dr. Eduardo, métodos menos invasivos não precisam de quase nenhum cuidado especial, nem sequer afastamento das atividades normais. "Já os procedimentos de inclusão de prótese necessitam de uma semana de repouso, uso de antibióticos e higiene oral com antissépticos", adiciona o cirurgião plástico.

Ao se submeter a uma cirurgia plástica, é fundamental estar convicto da sua decisão. Mais que perseguir padrões de beleza, essa é uma escolha pessoal para aumentar a qualidade de vida. A mentoplastia, assim como qualquer outro procedimento, deve ser escolhida por vontade própria, longe de modismos e tendências.

Você já se submeteu a uma cirurgia plástica? Os resultados foram conforme o esperado? Divida sua experiência com outros leitores! E continue de olho nas dicas de saúde e beleza do Vivo Mais Saudável.

TAGS
queixo
plástica
cirurgia estética
simetria facial

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ