Estética

15/02/2015 11:53 - Atualizado em 30/11/2016 06:29

Laser de rubi é nova arma para remover tatuagem

Remover tatuagem não precisa mais ser um processo doloroso e que deixe cicatriz.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Aquele tribal que você fez quando tinha 15 anos. O nome do primeiro namorado, que parecia ser o homem da sua vida até que, bem, não era mais. Qualquer que seja o motivo, você pode se arrepender de marcar a pele para sempre.

Remover tatuagem não é tarefa fácil. É dolorido e caro. Porém, algumas técnicas ajudam a resolver o problema de forma segura. Uma delas é o laser de rubi.

remover tatuagem

Remover tatuagem: Processo doloroso

São comuns os casos de pessoas que fizeram uma tatuagem na adolescência, ou no calor de um momento, e depois se arrependeram. Porém, como a tinta é aplicada com agulha na pele, sua remoção era praticamente impossível. Com o passar do tempo, foram aparecendo algumas opções para remover tatuagem, mas todas sempre bastante doloridas.

Uma revista norte-americana especializada em dermatologia, a Archives of Dermatology, publicou um estudo que mostrou que 6% dos americanos tatuados - em sua maioria mulheres - gostariam de eliminar o desenho. Os motivos alegados foram constrangimento (57%), mudança de imagem corporal (38%), novo emprego (38%) e até mesmo estigma social (25%).

Para remover tatuagem, as pessoas costumavam recorrer a técnicas como dermoabrasão, criocirurgia e peelings com alta concentração. Esses métodos são invasivos. Acabam danificando a estrutura da pele na região e, infelizmente, deixando cicatrizes.

Enquanto outras técnicas removem parte da pele junto com a tinta, o laser de rubi atua somente no pigmento. Com isso, o processo é usado não só para remover tatuagem, mas também para eliminar manchas escuras.

Como remover tatuagem com laser de rubi

O laser de rubi veio para tranquilizar as pessoas que sempre quiseram remover tatuagem, mas que não tinham coragem de se submeter aos tratamentos disponíveis. Essa técnica, além de ser praticamente indolor, oferece baixo risco, não causa sangramento e não deixa marcas de cicatrizes.

O laser age causando a fragmentação da tinta em partículas de pigmentos que acabam sendo removidas pelo próprio organismo. Além das tatuagens, o laser de rubi é indicado também contra manchas causadas pelo sol em locais como dorso das mãos, colo e face.

Cabe lembrar que essa técnica remove apenas pigmentos escuros. Sendo assim, tatuagens coloridas não podem ser removidas com ele.

Os valores da aplicação variam bastante e dependem muito de como a tatuagem foi feita. Levam-se em conta o tamanho, as cores e a quantidade de tinta utilizada, por exemplo. Assim, as aplicações necessárias também podem variar.

O processo para remover tatuagem com o laser não requer muitos cuidados. É indicado apenas que a pessoa evite exposição ao sol. Além disso, é necessária uma dose extra de paciência, já que às vezes esse processo pode ser demorado, e nem sempre é possível prever o tempo com precisão.

Para não ter que gastar tempo e dinheiro corrigindo erros do passado, a dica é simples: tatue-se somente quando você tiver certeza do desenho escolhido.

Gostou da novidade? Conte para nós! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ver outras dicas de beleza e ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
tatuagem
remover
cicatriz
manchas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ