Estética

01/09/2014 11:54 - Atualizado em 10/12/2016 11:14

Colocar silicone nos seios requer planejamento adequado

Tire suas dúvidas sobre a cirurgia para colocar silicone nos seios.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Muitas mulheres possuem o desejo de colocar silicone nos seios. Mas antes de tomar essa decisão, é importante que você tire todas as suas dúvidas a respeito do assunto e realize o devido planejamento da operação.

Lembre-se de que colocar silicone nos seios é uma cirurgia como qualquer outra. Leva cortes e exige a presença de um anestesista.

Entre as complicações que podem ocorrer no procedimento, estão:

- Infecção

- Endurecimento da prótese

- Abertura dos pontos.

colocar-silicone-nos-seios

Antes de colocar silicone nos seios

Para que não aconteça nenhum erro, é de extrema importância que, ao decidir colocar silicone nos seios, a mulher procure um bom profissional. Um médico de confiança, em um hospital adequado, vão garantir que a cirurgia seja um sucesso. Procure sempre um cirurgião plástico que tenha título de especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

No pré-operatório, vão ser realizados exames antes da colocação da prótese. Os exames habituais envolvem mamografia e ultrassom. Além disso, é fundamental que seja feita uma avaliação física, a fim de analisar volumes e formas da mama.

É através desses exames que você e seu médico vão poder decidir que tipo de prótese vai ser utilizada. O volume, modelo, forma, localização da prótese, tudo deve ser individualizado e discutido com o médico. Nesse momento, você vai tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto.

colocar-silicone-nos-seiosCuidados importantes

Validade

Outra informação importante que a paciente precisa saber é que a prótese não dura para sempre. Hoje, as próteses mais atuais duram em média 15 a 20 anos. Com o passar do tempo, o corpo começa a isolar o material, pois o considera um corpo estranho, provocando o endurecimento do silicone.

Quando isso ocorre, vai depender do caso, mas normalmente é necessário trocar. Por isso, é de importante que mesmo depois de colocar silicone nos seios a mulher mantenha contato com o seu médico e faça exames uma vez por ano.

Anestestia

A cirurgia normalmente é feita com anestesia local e sedativo, mas existem médicos que utilizam anestesia geral. Na maioria das vezes, a paciente pode ir para casa no mesmo dia em que fez a cirurgia.

Pós-operatório

Nos primeiros dias, a mulher pode sentir um grande desconforto na região dos seios, sentindo até mesmo dificuldade para respirar. Além de doloridos, os peitos podem ficar bastante inchados. O ideal é que você fique cerca de 15 dias sem dirigir e um mês sem praticar qualquer tipo de exercício físico.

A recuperação pode levar de semanas a meses. Mas, para quem tem o objetivo de ter seios maiores, pode valer a pena. Atualmente, existem próteses de silicone que deixam o peito parecendo natural quanto ao tamanho e a forma.

Proteção

Hoje em dia, as próteses têm mais camadas, o que faz com que você se sinta mais protegida, já que o risco da prótese se romper e o líquido vazar são menores. Além disso, as próteses são feitas de um silicone coesivo, que parece uma gelatina e não se espalha.

Agradar ao parceiro?

Muitas mulheres chegam ao médico e dizem querer colocar silicone nos seios para agradar o namorado ou marido. Mas é importante ter em mente que, para fazer essa cirurgia, você precisa querer. O corpo é seu! E de sua beleza e autoestima quem entende é você. Então, só se submeta a essa cirurgia se essa for a sua vontade.

E você já colocou silicone? Qual foi a sua experiência? Deixe um comentário!

TAGS
mama
implante de silicone
silicone
beleza
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ