Estética

08/10/2014 12:09 - Atualizado em 05/12/2016 10:14

Cirurgia bariátrica em adolescentes é tendência com aumento da obesidade

São vários os cuidados necessários para realizar a cirurgia bariátrica em adolescentes.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A cirurgia bariátrica em adolescentes é uma realidade cada vez mais presente. Popularmente conhecido como cirurgia de redução do estômago, o procedimento vem sendo uma opção para jovens obesos que, por questões de saúde, precisam emagrecer.

cirurgia-bariatrica-em-adolescentes

O que é a cirurgia bariátrica em adolescentes?

Existem três tipos de cirurgia bariátrica que colaboram com o emagrecimento da pessoa.

- Gastrectomia vertical

Parte do estômago é cortada e removida de forma vertical. Isso transformará o estômago em um tubo fino que liga diretamente o esôfago ao intestino delgado. O procedimento demora em média 1h30 e a pessoa poderá perder até 30% do seu peso.

- Banda gástrica

Essa técnica é reversível. Um anel é colocado no topo do estômago, deixando-o com uma aparência de ampulheta. Assim a pessoa se sentirá saciada mais rapidamente. O procedimento dura 1h e é possível perder 30% do seu peso.

- Gastroplastia com derivação intestinal

O estômago é cortado em dois. Uma pequena parte continua funcionando e conectada diretamente ao intestino. Já a outra parte continua no corpo, mas completamente grampeada, apenas para gerar as enzimas necessárias para o corpo. Esse procedimento é mais demorado, leva cerca de 2h e é possível perder até 40% do peso.

A cirurgia bariátrica em adolescentes

A cirurgia originalmente era possível apenas para jovens com mais de 18 anos, mas recentemente a idade foi diminuída para 16, de acordo com a legislação brasileira.

A cirurgia bariátrica em adolescentes não envolve necessariamente o peso. Pois com as mudanças deste período, isso pode até ser revertido. O problema são as doenças que podem surgir em decorrência da obesidade. As principais são a diabetes, asma, insuficiência renal e os problemas cardíacos.

Podem ser operados jovens com Índice de Massa Muscular (IMC) superior a 35. Para calcular o seu IMC pegue o seu peso e divida pelo valor da sua altura ao quadrado (sua altura multiplicada por ela mesma). Pessoas com valor abaixo de 35 precisarão de uma autorização de uma comissão de ética para realizar a cirurgia.

Existem jovens com 14 e 15 anos que realizam a cirurgia de redução de estômago. Trata-se de adolescentes que tiveram todo um acompanhamento e tratamento para perder peso e que não tiveram sucesso. A cirurgia bariátrica em adolescentes nesse caso é a última opção.

Existe uma série de cuidados e regras que devem ser seguidos antes e depois da operação. Confira alguns.

- O adolescente não pode possuir nenhum transtorno psiquiátrico

- No caso de meninas com mais de 16 anos, será preciso planejar um plano anticoncepcional por pelo menos 12 meses após o procedimento

- O jovem precisa estar de acordo e se comprometer a seguir um programa nutricional pós-cirúrgico. Também deverá estar comprometido a realizar atividades físicas

- Assim como o paciente, a sua família também precisar estar de acordo a dar todo o suporte que o adolescente precise. Seja ele nutricional, psicológico ou quanto as atividades físicas diárias.

A cirurgia bariátrica em adolescentes é uma das formas encontradas para evitar a obesidade. O interessante de realizar o procedimento na adolescência é que o jovem sentirá menos o efeito da cirurgia, pois estará crescendo conforme perde o peso.

Não deixe que a obesidade cause reais danos a saúde: busque um tratamento e em último caso realize a cirurgia de redução do estômago.

Gostou das nossas dicas sobre cirurgia bariátrica em adolescentes? Então deixe um comentário e acompanhe nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
obesidade
redução de estômago

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ