Corpo

07/09/2014 07:33 - Atualizado em 21/11/2016 06:01

Veja 5 dicas para minimizar o suor excessivo nas axilas

Cuidados no dia a dia podem diminuir efeito do suor excessivo nas axilas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Todos sabemos o quanto é constrangedor quando há suor excessivo nas axilas e as roupas ficam marcadas, ou quando o cheiro é muito forte, em determinados momentos do dia. São várias as causas de tal distúrbio nas glândulas sudoríparas.

suor-excessivo-nas-axilas

Disfarçar a exposição causada por esse problema é algo que muitas pessoas tentam fazer e, utilizando os métodos corretos, é simples deixar de passar vergonha em função disso. Confira algumas dicas.

Como evitar o suor excessivo nas exilas


1. Tome cuidado com o desodorante

Desodorantes vencidos podem, ao invés de ajudar, acabar agravando o problema. Quando você o utiliza e reaplica durante o dia e, mesmo assim, o suor excessivo nas axilas continua, é sinal de que o produto deve ser trocado ou a data de validade observada.

Muitas vezes os desodorantes perdem a eficácia dependendo do tempo de exposição da pessoa aos fatores que podem provocar o suor, como calor, nervosismo e outros. Observe então o que causa o problema e escolha o produto corretamente sempre trocando quando sua eficácia cair.

suor-excessivo-nas-axilas

2. Esqueça os tecidos sintéticos e prefira as fibras naturais

Outra situação constrangedora são as marcas de suor nas roupas, principalmente nas de cor escura. É muito comum que determinadas peças fiquem marcadas em função do suor excessivo nas axilas.

Além de utilizar um desodorante que regule a produção de suor, procure observar cores e tecidos de suas roupas. Elastano e elanca são os vilões neste quesito: prefira algodão e tecidos de fibras naturais e, sempre que possível, opte por roupas claras. Mas cuidado, elas também podem ser marcadas pelo suor excessivo nas axilas.

3. Nunca esqueça o desodorante

Se você tem problemas com transpiração, jamais deve esquecer de aplicar o desodorante. Independente de qual você prefira, seja rollon, aerosol, spray ou creme, seu uso deve ser diário e, preferencialmente, com reaplicações ao longo do dia.

Este cuidado deve ser tomado pois, dependendo da quantidade de suor que você produza, colocar somente na hora que está saindo de casa não irá adiantar e não o protegerá o dia todo.

4. Tente manter as axilas depiladas

Apesar de parecer uma dica apenas voltada às mulheres, esse não é o caso. Tanto homens quanto mulheres podem aderir à ideia de depilação nas axilas. Veja bem, os pelos não ajudam a produzir suor, mas manter os pelos curtos ou retirá-los completamente auxiliam para que o efeito do desodorante seja prolongado.

A pele lisa faz com que o suor seja evaporado com maior facilidade e diminui o odor, visto que as bactérias se proliferam com a umidade reitada nos pelos.

5. Leve roupas extras

Sempre que possível tenha à sua disposição roupas extras. Caso aconteça de o suor excessivo nas axilas não ser controlado, opte por trocar sua roupa durante o dia para que os constrangimentos sejam evitados.

Nem sempre é possível ter mudas de roupa em mãos para trocar ou, às vezes, não há local para efetuar essa troca. Quando essa for a situação, sempre tenha desodorante por perto para que seja reaplicado ao longo do dia e evite deixar que a temperatura corporal aumente demais.

Gostou das nossas dicas de maquiagem para idosas? Então deixe um comentário e acompanhe nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
suor
axilas
saúde
beleza

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ