Corpo

24/04/2015 01:48 - Atualizado em 01/12/2016 05:07

Elimine estrias e gordura localizada com a carboxiterapia

Procedimento utiliza gás carbônico para regenerar tecidos e melhorar a circulação sanguínea.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Arma poderosa contra flacidez, estrias e celulite, a carboxiterapia vem se firmando como um dos tratamentos estéticos mais populares no país. O procedimento utiliza injeções de gás carbônico em diferentes camadas da pele e mostra eficácia na regeneração dos tecidos e na melhora da circulação sanguínea.

A sua aplicação pode ser feita tanto no rosto, aumentando a produção de colágeno, quanto nas nádegas, nas coxas e nos braços, reduzindo a gordura localizada. Porém, lembre-se: a carboxiterapia deve ser feita por um profissional, pois é um procedimento invasivo e requer cuidados e conhecimento.

carboxiterapia

Como é feita a carboxiterapia?

Com o auxílio de um aparelho acoplado a um cilindro de gás carbônico medicinal, o equipamento regula a liberação da matéria para uma seringa com agulha finíssima. A profundidade da aplicação também varia de acordo com cada caso.

Por exemplo, para o combate à celulite, a agulha deve ser inserida entre a gordura e a pele. Já no caso das estrias, o gás é aplicado na própria cicatriz.

O gás dilata os vasos sanguíneos e estimula a formação de novos, o que promove a irrigação de sangue nos tecidos e melhora a oxigenação da área aplicada. Além disso, ele atua no rompimento de fibroses do tecido subcutâneo.

Cuidados a se tomar

Apesar de o procedimento ser mais simples que uma cirurgia, por exemplo, vale lembrar que o limite da pele é rompido e, por isso, muito cuidado é fundamental. Com materiais esterilizados, equipamentos corretos e técnica adequada, os riscos são minimizados.

Além disso, a entrada do gás na pele causa desconforto. Para reduzir o incômodo, alguns equipamentos permitem que o gás seja injetado de forma mais lenta, com intervalos. Os resultados aparecem de forma progressiva. Na consulta com um profissional, você saberá quantas sessões serão recomendadas para atingir o seu objetivo.

Os resultados da carboxiterapia

A picada da agulha poderá fazer com que pequenos hematomas apareçam, variando muito de pessoa para pessoa. O profissional que executar o tratamento poderá indicar o uso de pomadas que minimizem o dano. Além disso, é importante evitar o sol na região aplicada para evitar manchas permanentes.

Embora existam outros tratamentos, inclusive prometendo melhores resultados, a carboxiterapia conquista muitas adeptas pelo preço mais acessível.

Atenção: o Conselho Federal de Medicina não aconselha executar o procedimento com alguém que não seja médico. Desconfie de promoções com valores muito fora do mercado, pois há a possibilidade de usarem materiais de baixa qualidade.

Agora que você está por dentro da carboxiterapia, fica bem mais fácil avaliar se esse é o melhor procedimento para se livrar das gordurinhas indesejadas, não é mesmo?

Quer saber mais dicas de beleza? Então continue ligada no Vivo Mais Saudável! E não esqueça de deixar seu comentário contando se você apostaria na carboxiterapia.

TAGS
tratamento estético
gordura localizada
estrias
celulite

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ