Corpo

17/06/2014 09:00 - Atualizado em 05/12/2016 06:32

Bronzeamento a jato: preferido da Ellen Roche para manter cor no inverno

Bronzeamento a jato é aprovado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Se você não abre mão de manter o bronze em qualquer época do ano, mesmo quando está frio e o banho de sol na praia não é uma opção, já pensou em optar pelo bronzeamento a jato?

Como funciona o bronzeamento a jato

Esqueça o estigma de que o bronzeamento a jato lhe dará uma cor laranja artificial. A técnica se aprimorou, e hoje celebridades como Ellen Roche e Vanessa Gerbelli já a adotaram – e apostamos que você nem desconfiou. O bronzeamento a jato pode ser adotado por pessoas a partir dos 15 anos com qualquer tipo de pele. É ideal também para quem tem uma sensibilidade grande ao sol mas também quer ganhar uma corzinha. O bronzeado lhe dá uma aparência mais viva e ainda esconde estrias e celulites.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

O bronzeamento a jato é um spray que esguicha uma substância líquida em todo o corpo, que reage com a melanina da pele, estimulando a fixação da coloração. O processo dura 30 minutos – 10 para a aplicação e 15 a 20 minutos para a secagem completa. O produto é aplicado em todo o corpo, de maneira homogênea, começando pelas pernas. No rosto ele também pode ser aplicado, mas em menor quantidade.

Os resultados podem ser notados de imediato, caso sua pele seja mais clara. Mas geralmente o efeito costuma aparecer apenas duas ou três horas depois da sessão de bronzeamento a jato, escurecendo a pele continuamente por até 24 horas. O resultado é superior ao bronzeamento natural.

Bronzeamento a jato é seguro?

Se você tem dúvidas quanto a efeitos colaterais do bronzeamento a jato, fique tranquilo: o procedimento é aprovado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) após vários testes e, até hoje, nunca houve um registro de reações alérgicas. Por outro lado, as famosas máquinas de bronzeamento por raios ultravioletas não são mais permitidas, devido ao risco de contrair câncer. Se sua maior preocupação é estética, saiba que as formulações atuais utilizam ativos que deixam o tom mais marrom e menos alaranjado.

Além dessas vantagens, o método evita as desvantagens do excesso de sol, como rugas precoces, ressecamento excessivo, formação de manchas e ocorrência de câncer na pele. Ele pode ser aplicado semanalmente sem maiores implicações. A desvantagem é que a duração do bronzeado é limitada, geralmente de 7 a 12 dias, pois o produto não penetra na pele. À medida que os tecidos morrem e dão lugar a novos, a pele vai clareando.

Cuidados ao usar o bronzeamento a jato

Para um melhor proveito do bronzeamento a jato, convém tomar alguns cuidados. Antes da sessão, tome um banho e faça esfoliação da pele com uma bucha, para tirar os resíduos e tecidos mortos. Se você fizer depilação antes, faça com no mínimo oito horas de antecedência. Depois da aplicação, espere por pelo menos oito horas para tomar banho e se expor ao sol.

Além disso, é importante não utilizar roupas justas logo depois do bronzeamento a jato, pois podem ocasionar manchas na pele. Não esqueça também, depois, do protetor solar e de hidratantes. Para que o efeito dure por mais tempo, evitar esfregar a pele com bucha durante o banho. O atrito, bem como o suor excessivo, precisam ser evitados.

Gostou do texto ? Faça um comentário ou compartilhe sua experiência!

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ