Corpo

21/08/2014 07:00 - Atualizado em 30/11/2016 11:40

Beleza com saúde: Conheça os cosméticos seguros

Cosméticos seguros têm aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você sabe quais são os ingredientes ativos dos cosméticos que usa todos os dias? Não? Será que eles são ideais para o seu tipo de pele e para os resultados que você espera? Mais importante do que tudo isso: será que são cosméticos seguros para a saúde?

Fique atento aos cosméticos seguros

Os produtos disponíveis no mercado nem sempre têm a totalidade da sua fórmula no rótulo e algumas informações podem ser omitidas de propósito. Isso porque há indícios de que o uso frequente de certos químicos pode ter efeitos negativos para a saúde.

cosmeticos-seguros

A fisioterapeuta Vanessa Martarello alerta: “Inúmeros estudos científicos comprovam que algumas substâncias utilizadas na fabricação de grande parte dos cosméticos são tóxicas, podendo causar disfunções hormonais, problemas no desenvolvimento e até câncer, se utilizadas em grandes quantidades.”

Tipos de cosméticos

O primeiro passo para garantir sua saúde é certificar-se de que os produtos que você utiliza no rosto, no corpo e nos cabelos têm aprovação da Anvisa, órgão do governo responsável por fazer testes e garantir que os consumidores adquiram cosméticos seguros. Também é bom ficar atento aos tipos de cosméticos, sepadarados desta maneira por Vanessa Martarello:

- Natural: alguns dos ingredientes vêm da natureza (não sintético);

- 100% natural: todos os ingredientes vêm da natureza;

- Feito com ingredientes orgânicos: a maioria dos ingredientes tem um padrão “orgânico”, o que significa que nenhum pesticida sintético foi usado no cultivo dos ingredientes e que os métodos de cultivo enfatizam a conservação;

Cada tipo de cosmético tem sua própria fórmula e nem sempre fica claro quais ingredientes ou qual a quantidade deles que é de origem natural ou orgânica. Vanessa alerta que existem marcas de cosméticos seguros com ingredientes naturais, mas é preciso pesquisar muito bem antes quais são e são ou não confiáveis para o uso.

Separe cosméticos seguros de inseguros

Um ponto-chave na busca por cosméticos seguros é saber qual tipo de conservante é utilizado e em qual quantidade. Geralmente, produtos naturais possuem conservantes naturais e estes não são tão potentes quanto os conservantes químicos, fazendo com que os produtos estraguem ou deixem de fazer efeito muito mais rápido.

Martarello alerta para os danos que alguns tipos de conservantes químicos comuns no Brasil podem causar à saúde:

Parabeno - Conservante presente em xampus, cremes e outros cosméticos, associado ao câncer de mama;

Tolueno - Presente em esmaltes associado ao câncer, além de poder causar dores de cabeça e enjoo;

Formaldeído - Presente em esmaltes e que pode afetar o sistema nervoso central, causar irritação nos olhos, nariz e garganta;

Fragrâncias sintéticas - presentes em perfumes e loções hidratantes, elas estão relacionadas às disfunções hormonais;

1,4 dioxano - subproduto da fabricação de tensoativos e emulsionantes, presentes em algumas embalagens de cosméticos e que está associado ao câncer;

Ftalatos - usados em embalagens, vinculados a disfunções hormonais.

Para ter certeza de que você está comprando e utilizando cosméticos seguros, é preciso fazer uma pesquisa sobre o produto em si e o fabricante. Fique de olho e em caso de dúvidas, consulte a opinião de um especialista.

TAGS
cosméticos
beleza
maquiagem

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ