Cabelos

01/07/2015 10:09 - Atualizado em 15/11/2016 10:37

Produtos à base de arginina deixam as madeixas mais bonitas

Médico tricologista fala sobre os benefícios da arginina e explica como ela atua na saúde dos cabelos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já deve ter usado algum produto capilar com a presença de arginina em sua fórmula, mas talvez esse detalhe tenha passado despercebido. Ao conhecer esse aminoácido e seu poder para dar mais glamour aos cabelos, certamente sua atenção será outra. Ele está se tornando cada vez mais popular ao prometer reconstruir o fio e deixá-lo macio, brilhante e fácil de pentear.

Calor excessivo por meio de secador, chapinha ou modelador, poeira, tinturas, químicas de alisamento, cloro, sol e água do mar. Essas são algumas das principais agressões que os cabelos sofrem diariamente. Para manter os fios bonitos, é preciso estar de olho na saúde das madeixas. Saiba como a arginina pode ajudar você nesse desafio.

arginina

Como a arginina atua nos cabelos

O médico tricologista Luciano Barsanti, diretor do Instituto do Cabelo, em São Paulo, explica que a arginina é um aminoácido, menor partícula da molécula de proteína. A queratina, por exemplo, leva esse composto em sua estrutura, considerada como semiessencial para os fios.

Segundo o especialista, o corpo humano produz essa partícula da proteína e ela também pode ser ingerida na alimentação. “A arginina está presente nos lacticínios, crustáceos, castanhas e outros alimentos. O corpo produz o suficiente e, em situação normal, não precisa ser adicionada pela dieta”, explica.

Barsanti diz que a relação do nutriente nos cabelos se dá por ser a matéria básica das proteínas. “Esse aminoácido aplicado externamente, na superfície dos fios, ajuda no fechamento da cutícula, a camada externa. Ele facilita o pentear, auxilia na prevenção da quebra, além de torná-los mais brilhantes e com um aspecto saudável”, destaca.

Má alimentação, estresse e até mesmo desequilíbrio hormonal são fatores que impedem a distribuição do aminoácido, causando um visual pesado, com fios opacos e quebradiços. De maneira geral, o componente é absorvido rapidamente devido ao seu baixo peso molecular e a uma carga positiva dupla.

Segundo o médico tricologista, não há evidencia científica que a arginina, usada externamente, melhore a microcirculação do bulbo ou desobstrua o hóstio (poro) capilar.

Por que usar produtos com arginina?

Barsanti explica que o uso dos produtos contendo arginina ou qualquer outro aminoácido é mais indicado para os cabelos quimicamente tratados e com lesão da cutícula do fio.

“O uso do shampoo tem ação fugaz, portanto de efeito real discutível, pois ocorre o enxágue e o produto é quase todo removido. A melhor maneira de utilizar um produto com esse elemento é na forma de condicionadores ou máscaras de hidratação, quando o aminoácido pode ser melhor absorvido por permanecer mais tempo”, orienta o especialista.

Barsanti alerta, ainda, sobre o seu uso regular. “Ao utilizar um produto de regeneração capilar, é importante que seu uso seja constante e não haja mudanças frequentes, para que o cabelo possa absorver o produto ao longo do tempo”, completa.

Você costuma escolher produtos com a presença deste aminoácido? Agora que você já está por dentro da importância da arginina nos seus cabelos, é só começar o ritual de beleza para recuperar os danos e deixar os fios ainda mais sedosos.

Se gostou do artigo, deixe um comentário! E fique sempre ligada nas novidades que encontra aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
cabelos
cuidados com os cabelos
beleza
mulher

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ