Cabelos

08/07/2015 04:34 - Atualizado em 07/12/2016 08:47

Pesquisadores afirmam ter encontrado a cura da calvície

Empresa de cosméticos japonesa utilizou células-tronco para regenerar o couro cabeludo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A perda de cabelos com o passar dos anos é um problema bastante comum entre os homens. As causas são variadas, sendo a principal delas por fatores hereditários. Mesmo com alguns tratamentos, não é possível combater a queda dos fios, apenas diminuir os efeitos. Mas isso pode estar prestes a mudar, pois pesquisadores divulgaram uma possível cura da calvície.

Um estudo apontou que o uso de células-tronco pode promover o crescimento dos cabelos em pessoas que sofrem com a calvície. Testes ainda estão sendo feitos para que o procedimento seja comprovado e comercializado.

Pesquisa aponta possível cura da calvície

Uma pesquisa realizada pela empresa de cosméticos Shiseido, do Japão, em parceria com a RepliCel, apontou uma possível cura da calvície. Por meio do uso de células-tronco, os pesquisadores conseguiram promover o crescimento de fios em pessoas que já não tinham mais cabelos.

cura da calvicie

O procedimento realizado nos testes consistiu na elevação de uma pequena parte do couro cabeludo, até as raízes dos cabelos, onde foram injetadas as células. Elas favoreceram a autorregeneração capilar a partir de implantações da própria pessoa.

De acordo com um artigo publicado pelos pesquisadores, essas células injetadas fazem crescer dezenas de milhões de fios em apenas alguns meses, reconstituindo os cabelos perdidos. Eles garantem que o processo é seguro e não possui efeitos colaterais.

A cura da calvície ainda não é comprovada e o procedimento continua em fase de testes para garantir que não haja mal à saúde dos pacientes. Apesar disso, a empresa Shiseido acredita que possa começar a comercializar o tratamento em 2018.

Tratamentos para calvície

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), metade da população masculina no mundo terá calvície até os 50 anos, em diferentes graus. Enquanto a cura da calvície ainda não é definitiva, os tratamentos já existentes continuam sendo as melhores opções para quem quer diminuir os efeitos do problema, ou pelo menos evitar que ele aconteça de forma precoce e rápida.

Atualmente, a principal maneira para tratar a calvície é com medicamentos. Um dos mais utilizados é o minoxidil, que funciona como um vasodilatador de uso local. Ele age sobre os receptores androgênicos do pelo, ajudando a bloquear os derivados da testosterona, hormônio responsável pela queda do cabelo.

Outra medicação indicada para combater o problema e estimular o crescimento dos cabelos é a finasterida. No entanto, ela funciona em longo prazo, proporcionando resultados efetivos apenas em 20% ou 30% dos casos. Nenhum desses medicamentos garante a cura da calvície, mas eles ajudam a controlar a queda dos fios.

A micropigmentação também é uma opção, indicada principalmente para quem está no início do problema. O procedimento aplica pequenos pigmentos na pele do couro cabeludo, por meio de pontos feitos na região, parecendo fios que estão na fase inicial do crescimento.

A calvície incomoda você? Deixe seu comentário! E aproveite para acompanhar as dicas de beleza do Vivo Mais Saudável.

TAGS
queda de cabelo
testosterona
finasterida
micropigmentação

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ