Cabelos

14/06/2015 09:22 - Atualizado em 06/12/2016 11:27

Óleo de rícino é um poderoso aliado da beleza

O óleo ajuda a hidratar a pele e estimula o crescimento fortificado dos cabelos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Existem vários óleos extraídos de plantas que trazem benefícios não só para a saúde, mas também para a estética. E uma das novidades que vêm fazendo sucesso é o óleo de rícino. Além de seus efeitos medicinais, essa substância, que pode ser encontrada pura ou acrescentada a outros produtos, também possui ação cosmética.

Esse óleo é muito utilizado para melhorar o aspecto dos cabelos e da pele. Ele fortalece e protege o couro cabeludo, ajudando no crescimento dos fios. e também atua na hidratação profunda da cútis, além de prevenir o envelhecimento precoce. É fácil de usar e não traz efeitos colaterais, devido a sua composição natural.

Conheça os benefícios do óleo de rícino

Também chamado de óleo de mamona, o óleo de rícino é extraído das sementes da mamona, planta bem comum em algumas regiões do Brasil. Ele tem efeito medicinal, pois traz benefícios para o funcionamento do organismo, e também melhora a estética, devido à presença de formulações cosméticas.

oleo de ricino

É uma opção para tratar a constipação intestinal, pois atua como laxante. Também combate infecções por fungos, distúrbios menstruais, enxaqueca e inflamações, sendo um excelente estimulador do sistema imunológico, pois possui alta concentração de ácidos graxos.

Já para a pele, o óleo de rícino tem um efeito emoliente, penetrando na epiderme e oferecendo hidratação profunda. Estimula a produção de colágeno e elastina, sendo um ótimo aliado na prevenção de rugas e de linhas de expressão. Também ajuda quem tem a pele ressecada e com rachaduras.

Além disso, possui ação desinfetante, antifúngica, anti-inflamatória e antibacteriana, podendo ser utilizado no tratamento para problemas de pele como micoses diversas, úlceras de pele, dermatite seborreica e demais problemas fúngicos.

A aplicação do produto no cabelo também pode trazer bons resultados. Contém vitaminas e minerais que auxiliam no crescimento dos fios, ativam a circulação sanguínea no couro cabeludo, hidratam as madeixas e selam a cutícula da fibra capilar.

Com isso, o produto ajuda no controle da queda de cabelo, fortalece os fios, estimula o crescimento saudável e deixa as mechas sedosas e brilhantes.

Algumas pessoas ainda utilizam o óleo de rícino para ajudar no crescimento das sobrancelhas e dos cílios, fortalecendo e engrossando os fios. Ele também auxilia na hidratação das cutículas e até no fortalecimento de unhas fracas e quebradiças.

Saiba como usar o produto

Na maioria dos casos, o óleo de rícino é usado puro, em fórmulas que podem ser compradas em farmácias ou lojas de cosméticos. Essa opção é mais indicada para tratamentos no cabelo, devendo ser aplicada diretamente no couro cabeludo. O produto deve agir por algumas horas e depois ser totalmente retirado, em lavagem com shampoo.

Para a pele, o óleo pode ser usado no banho ou numa automassagem no corpo, também com o cuidado para retirar todo o produto após a aplicação. Há também a opção de comprar cosméticos que já o contenham na fórmula.

Não existem contraindicações ou efeitos colaterais, mas é preciso ter atenção com o uso exagerado. Como é um óleo, pode acabar aumentando a oleosidade do cabelo ou da pele. Então, a dica é sempre consultar um profissional e seguir as instruções do fabricante, geralmente presentes na embalagem do produto.

Que tal ficar ainda mais bela com o óleo de rícino? Depois nos conte o resultado! E aproveite para conferir mais dicas de beleza aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
hidratação
pele
massagem
micose

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ