Cabelos

19/03/2016 02:00 - Atualizado em 30/11/2016 12:23

Mantenha seus dreads sempre lindos

Marca do movimento rastafári, o penteado pode ser feito de forma definitiva ou temporária.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Os dreadlocks, mais conhecidos simplesmente como dreads, garantem um estilo cheio de atitude para homens e mulheres. O visual é marca registrada do movimento rastafári e se mantém presente no cenário da moda já há algum tempo.

Apesar de remeter à Jamaica, registros apontam que o penteado já existia em meio a tribos antigas da Índia e da África. Ao longo dos anos, a tendência recebeu diversas releituras, mantendo-se como símbolo de personalidade. Veja como os dreadlocks podem fazer a sua cabeça.

mulher com dreads mostra a cabeleira

Como usar dreads

No movimento rastafári, os ex-escravos jamaicanos começaram a apostar nos dreads, então batizados de natty dreadlocks, como oferta de fé. Com o passar do tempo, novos materiais e técnicas foram surgindo, fazendo com que pessoas de diversos estilos pudessem se aventurar pela modinha.

É possível aderir ao penteado de forma definitiva, com agulha de crochê ou cera, mas também como visual temporário. Nesse caso, usa-se cabelo sintético ou lã. Qualquer que seja a técnica escolhida, porém, é necessário recorrer a um profissional da beleza para garantir um resultado satisfatório.

A versão definitiva é feita a partir da separação de mechas. Os fios são embaraçados com a ajuda de pentes e agulhas. Depois que cada tubinho está pronto, a pessoa pode escolher se finaliza o look com a agulha ou se utiliza a cera.

Para fazer dreadlocks de agulha no próprio cabelo, o comprimento ideal é a partir de 15 centímetros. Recomenda-se conversar com o cabeleireiro sobre as características específicas do fio para encontrar a melhor maneira de elaborar o penteado.

Mantenha o visual em dia

A higiene é fundamental para manter os dreads bonitos por mais tempo. Ao contrário do que muitos pensam, os fios podem, sim, ser lavados. A recomendação é que os cabelos oleosos sejam molhados com mais frequência que os secos.

O shampoo utilizado deve ser anticaspa e, algumas vezes, antirresíduos. Especialmente no primeiro ano, o condicionador deve ser eliminado da rotina de beleza. Outro cuidado importante é evitar dormir com os cabelos molhados, pois, além de mau cheiro, isso aumenta as chances de proliferação de fungos e bactérias.

A manutenção também é importante. Para evitar que as madeixas deformem, desfiem ou grudem na raiz, as primeiras idas ao salão devem ser mensais. Depois de cerca de seis meses com o penteado, os intervalos podem aumentar para 90 dias.

E na hora de desfazer o look? Profissionais afirmam que os dreads podem ser retirados sem que a pessoa fique careca. O cabelo ficará com um comprimento médio e estará bastante danificado, mas, com hidratações, é possível recuperá-lo.

Vale lembrar que dreads definitivos são opções para quem pretende manter esse estilo por muito tempo. Se você não tem tanta certeza se deve ou não aderir ao visual, os tipos temporários são a melhor alternativa.

Gostou das dicas de beleza? Então aproveite para compartilhar o artigo com seus amigos nas redes sociais! E não se esqueça de acompanhar outras novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
dreadlocks
rastafári
Jamaica
cuidados

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ