Cabelos

08/03/2016 02:00 - Atualizado em 03/12/2016 12:04

Descubra causas para o couro cabeludo dolorido

Sensibilidade pode estar ligada à exposição em excesso da região.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Lá está você penteando e enxugando o seu cabelo, quando, de repente, sente o seu couro cabeludo dolorido. Em um primeiro momento, deixa essa sensação de lado, mas ela insiste em lhe incomodar em outros horários. O que esse sintoma pode representar?

Couro cabeludo dolorido: Por quê?

Segundo o diretor da Vinci Hair Clinic no Brasil, o cirurgião de restauração capilar Thiago Leal, essa sensação de dor normalmente é comum em casos em que já há um histórico de alergia, dermatite e queimadura. De acordo com o especialista, exposição solar sem proteção e o abuso de procedimentos químicos no cabelo são algumas das causas, mas não as únicas.

“O uso de acessórios, como capacetes, presilhas, prendedor de cabelo e tiaras de uso frequente, também pode causar uma pressão na cabeça, tornando o couro cabeludo dolorido”, completa Leal.

Entre o grupo de pessoas mais propensas a desenvolver essa sensibilidade estão aquelas que possuem dermatite seborreica - excesso de oleosidade na pele e nos cabelos - e homens e mulheres mais idosos, em que o couro cabeludo é mais fino e seco.

mulher com couro cabeludo dolorido

5 dicas contra a dor no couro cabeludo

Conhecidas as principais causas do couro cabeludo dolorido, é preciso descobrir qual é o agente causador dessa sensibilidade no seu caso. Para isso, é necessário passar por uma avaliação médica, que indicará o melhor tratamento. Já no dia a dia, algumas dicas podem ser bem úteis para acabar com esse incômodo. Confira cinco delas.

1. Evite os agentes agressores presentes nos cosméticos capilares, como álcool, ácidos, água oxigenada e formol. Sempre que possível, opte por priorizar os produtos hipoalergênicos.

2. Prefira, ao pentear os fios, os pentes de madeira, mais indicados que os feitos de plástico. Além disso, recomenda-se fazer movimentos delicados, sem ficar friccionando ou arranhando o couro cabeludo. Se usa cabelo comprido, o ideal é recorrer a pentes de dentes mais largos para desembaraçar sem tracionar ou quebrar as madeixas.

3. Tenha cuidado com o secador de cabelo muito quente e próximo demais do couro cabeludo. A distância recomendada é de cerca de 30 centímetros entre o aparelho e a sua cabeça. Dessa forma, você evita as queimaduras, uma das grandes responsáveis pela sensibilidade do local em questão.

4. Não prenda o seu cabelo, seja com presilha, rabicó ou tiara, de maneira muito forte. Dependendo da pressão colocada, ela pode gerar dores no couro cabeludo e na cabeça.

5. Cuide da sua saúde. Uma alimentação equilibrada, associada a hábitos saudáveis, ajuda a melhorar o organismo como um todo, inclusive a qualidade dos cabelos.

Gostou das dicas? Então aproveite e compartilhe o artigo com seus amigos nas redes sociais! E não se esqueça de conferir outras novidades de moda e beleza aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
queimadura
dermatite
seborreia
dor de cabeça

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ