Cabelos

16/07/2014 09:00 - Atualizado em 06/12/2016 03:46

Como escolher o melhor método de alisamento de cabelo

Alisamento de cabelo pode ser feito com diferentes técnicas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Se você observar, perceberá que já não existem tantos cabelos crespos como antigamente. Isto porque cada vez mais aumentam as ofertas e tipos de tratamento para alisar os fios e diminuir seu volume. Mas será que todos os tipos de cabelos podem ser alisados com os mesmos produtos e técnicas? Vamos descobrir agora um pouco mais sobre os principais métodos de alisamento de cabelo.

Métodos de alisamento de cabelo

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Por serem realizados com produtos químicos de alta potência, os processos de alisamento de cabelo podem causar danos para os fios se não forem apropriados para eles. Cada tipo de fio possui uma estrutura diferente, e necessita de um cuidado especial.

Conheça os métodos de alisamento de cabelo mais populares e para quais tipos de cabelo cada um é indicado:

Alisamento de cabelo mais usado: escova progressiva

É o mais comum dos tipos de alisamento de cabelo, e é indicado para todos os fios. Mas isso não significa que deixe todos os tipos de cabelos lisos. Isso porque, o efeito é determinado pelo próprio cabelo. Os fios ondulados obtém um resultado liso, mas se o seu cabelo é crespo ou armado, este tratamento irá apenas deixá-lo sem volume.

O efeito de uma Escova Progressiva dura, em média, três meses. Mas se você não lavar o cabelo todos os dias e tirar a umidade dos fios com o secador, este prazo pode aumentar para quatro ou cinco meses. Mas cuide pois o princípio ativo deste tratamento é o formol, que em níveis elevados pode ser prejudicial à saúde.

Cabelos armados: Relaxamento Capilar

A técnica de relaxamento só deve ser feita em cabelos armados, crespos e com frizz, e é indicada para cabelos afro ou com muito volume. Este alisamento de cabelo faz com que os cachos fiquem mais definidos e menos volumosos. Por ser feito à base de hidróxido de guanidina é menos agressivo aos fios, e é aplicado com mais rapidez.

O efeito do relaxamento é prolongado, durando de 6 a 8 meses, em média. Por isso, ele pode exigir retoques de produto na raiz, motivado pelo crescimento dos fios ao longo do tempo.

Menos nociva: Escova Inteligente

Assim como a Escova Progressiva, este método pode ser aplicado em todos os fios, mas só deixa lisos os cabelos finos ou ondulados. Os mais volumosos e crespos apenas perdem o volume. Sua vantagem é que este tipo de alisamento de cabelo é feito à base de Tioglicolato de Amônia, uma substância menos nociva à saúde. 

Efeito permanente: Escova Definitiva

Esta forma de alisamento de cabelo não é tão abrangente como os demais, pois não pode ser aplicado em todos os tipos de fios. A Escova Definitiva só pode ser feita em fios naturalmente lisos ou nos quimicamente alisados em processos anteriores. Seu efeito é extremamente liso, e deixa os fios sem balanço.

À medida que o cabelo cresce, é preciso retocar a aplicação na raiz, para mantê-lo todo liso. O efeito do tratamento é permanente, e só é possível revertê-lo cortando os fios alisados.

Pós-alisamento

É importante lembrar que os alisamentos capilares só atingem seu objetivo porque modificam a estrutura dos fios, e por isso exigem um intenso cuidado pós-tratamento. Procure profissionais de sua confiança e analise bem os produtos que serão utilizados, visando sempre à saúde do seu cabelo

E aí, gostou do texto? Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência no nosso fórum.

TAGS
cabelos
alisamento
beleza dos cabelos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ