Cabelos

07/04/2015 05:36 - Atualizado em 30/11/2016 10:55

Coloração de cabelo vai muito além de luzes e mechas

Quer mudar o visual e não sabe o que fazer? Descubra técnicas para colorir o cabelo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Pensa que para pintar as madeixas e só ir ao salão e pronto? Que a coloração de cabelo precisa de apenas uma tintura e alguém para aplicar? Não é bem assim.

Você não achou que Gisele Bündchen ou as famosas que estrelam campanhas de cosméticos simplesmente precisaram de uma horinha com o cabeleireiro, não é mesmo? Conheça algumas técnicas de coloração de cabelo e saiba por que há muito mais a desvendar sobre o assunto.

Quais os tipos da coloração de cabelo?

Primeiro, você precisa escolher o seu corte, pois a coloração de cabelo deve combinar com seu estilo. Depois, peça ao seu cabeleireiro que indique a melhor técnica para pintar.

As luzes valorizam o formato do seu rosto e criam harmonia com o visual. Mulheres que deixam os fios repicados, por exemplo, podem optar por um destaque nas pontas, deixando-as mais claras.

coloracao de cabelo

Mechas servem para emoldurar a face e combinam mais com traços delicados. Já os reflexos partem desde a raiz e são mais marcados, utilizando tonalizantes para encontrar a cor mais adequada.

A base do cabelo, seja natural ou colorida, vai definir o tom das luzes e mechas. Para um resultado mais natural, é interessante que sejam dois tons mais claros.

Luzes: são aquelas mechas bem finas que se distribuem por toda a cabeça. Podem ser feitas a touca de furos, puxando os fios com agulha. Elas são separadas com pente para passar o produto. São ideais para quem quer cobrir os fios brancos.

Reflexos: são as mechas bem marcadas e claras, que variam de espessura conforme a quantidade de cabelo.

Balaiagem: consiste nas mechas mais grossas e destacadas, que utilizam coloração de cabelo com duas ou três cores diferentes entre si, podendo não ser uniforme.

Californianas: é a técnica que clareia apenas as pontas dos cabelos, assemelhando-se a um clareado de sol, comum das garotas surfistas.

Ombré: parecido com as californianas, mas buscando um aspecto ainda mais natural. É uma técnica mais sutil, que forma um degradê partindo do meio do cabelo e atingindo comprimentos diferentes.

coloracao de cabelo

O efeito tartaruga de Gisele Bündchen

Quer inovar em uma técnica que promete ser tendência no inverno? Que tal explorar a coloração de cabelo da modelo Gisele Bündchen? Ela é adepta do efeito tartaruga, que permite manter o aspecto natural das madeixas, deixando-as mais iluminadas.

O cabelo fica semelhante à carapaça de uma tartaruga, misturando três ou quatro tons de cor. Funciona como uma alternativa para técnicas como o ombré e a balaiagem.

Ele é feito clareando apenas algumas mechas com descolorante e aplicando tinta em outras partes do cabelo. Geralmente, usam-se variações de dourado, mas também é possível aplicar tons de cobre, chocolate e vermelho. 

Importante também é decidir a cor de base - se você quer ficar loira, morena ou ruiva. Depois, o cabeleireiro escolhe os tons que mais combinam para misturar.

Algumas das vantagens do efeito tartaruga são a boa cobertura, os poucos danos causados aos fios e a fácil manutenção. Você pode deixar o cabelo crescer naturalmente e só refaz o procedimento quando realmente achar necessário.

Gostou das dicas de beleza? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
tintura
cabelos tingidos
cuidados com o cabelo
efeito tartaruga

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ