Terceira Idade

31/07/2014 09:30 - Atualizado em 02/12/2016 06:10

Yoga para idosos tem benefícios físicos e mentais para os praticantes

Yoga para idosos é uma atividade de baixo impacto e pequeno risco de lesão.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Envelhecer faz parte da vida. Mas essa jornada através dos anos pode ser mais bem aproveitada quando se tem saúde. E a yoga para idosos pode ser uma excelente ideia para quem deseja benefícios físicos e mentais.

Por que optar pela yoga para idosos

No Ocidente, costuma-se ignorar o viés espiritual da yoga. Essencialmente, a yoga é a busca pela transcendência. O último estágio é o samadhi, a expansão da consciência. E nesse caminho, corpo e espírito se fundem de maneira harmônica, através da concentração, dos exercícios, da respiração, do autocontrole, das asanas e demais movimentos.

Yoga para idosos
Yoga para idosos é uma atividade física com mínimo impacto. Foto: Shutterstock

A yoga para idosos pode ser uma excelente ideia, pois se constitui de uma atividade leve que une elementos físicos e espirituais. Há exercícios de equilíbrio, postura, flexibilidade, respiração, meditação e concentração. Os praticantes que estão na terceira idade podem desfrutar de todas os benefícios associados.

O equilíbrio, por exemplo, é essencial para os velhinhos, já que quedas podem ser perigosas nas idades mais avançadas. E o equilíbrio é um dos focos da yoga. Também no âmbito físico, os exercícios de postura podem favorecer quem possui dores na coluna e minimizar qualquer desconforto.

No fundo, os dois principais benefícios da yoga são a prevenção de doenças e o aumento da qualidade de vida. Com a prática, fortalece-se o sistema imunológico e amplia-se a sensação de bem-estar.

Recomendações da yoga para idosos

Apesar de ser uma atividade de baixo impacto e com pequeno risco de lesões, a yoga exige algum comprometimento físico. Por isso, os idosos que desejam começar a praticá-la devem consultar seu médico antes para saber se podem realizar todas as atividades ou se precisam se adequar de alguma maneira.

Yoga para idosos
Exercícios da yoga podem ser adaptados conforme condições físicas. Foto: Shutterstock

Algumas posturas e exercícios de respiração, por exemplo, talvez tenham que ser evitados. No seu primeiro dia de aula, repasse o que seu médico tiver dito ao instrutor para que ele possa adaptar a atividade, caso seja necessário.

Importante: a prática da yoga não entra em conflito com os sentimentos religiosos. A cada aula, a ideia é que o corpo se torna um espaço ou um veículo mais sagrado, mais próximo da transcendência.

Estágios da vida sob o ponto de vista da Yoga

No yoga sutra, há quatro fases de vida descritas para a vida.

O primeiro estágio é durante a infância e a adolescência, também chamado de brahmacaryasrama. Nesse período, recebemos conhecimento através dos nossos mestres, sejam eles professores ou pais.

O segundo estágio é a juventude, também conhecida como grhasthasrama. Nessa época, começamos a nos sustentar e construir uma família.

O terceiro estágio da vida é caracterizado pelo início do desapego, chamado vanaprasthasrama. O conhecimento adquirido nas fases anterios, pouco a pouco, começa a ser deixado. O legado físico e intelectual é transmitido para as gerações mais novas.

O quarto estágio, sannyasasrama, é a morte. Nessa fase, há o desapego deste mundo e a reaproximação com o plano superior.

Você já fez algum tipo de yoga? Ou conhece alguem que já tenha feito? Quais foram os resultados?

TAGS
equilíbrio
atividade física
qualidade de vida

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ