Terceira Idade

23/12/2015 12:00 - Atualizado em 01/12/2016 08:03

Use a faixa elástica para 6 exercícios sem impacto

Acessório oferece praticidade para trabalhar diferentes grupos musculares.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A faixa elástica é uma alternativa para substituir os halteres e garantir muita saúde para os praticantes. O acessório permite trabalhar diferentes grupos musculares, oferecendo também praticidade e comodidade, já que pode ser levado para qualquer lugar.

Preferencialmente, os exercícios com a faixa e devem ser orientados por um educador físico. O profissional poderá explicar a execução correta dos movimentos, garantindo melhores resultados e menos riscos de lesões. Com as devidas precauções, é possível até mesmo executar movimentos em casa. Confira!

idosa se exercita com faixa elástica

Benefícios dos exercícios com faixa elástica

Os exercícios com a faixa elástica promovem o fortalecimento e a resistência muscular. Os diferentes movimentos visam a melhorar a coordenação motora e a flexibilidade, pontos que naturalmente ficam prejudicados ao longo dos anos.

Além disso, com uma resistência de até quatro quilos, os exercícios com esse acessório exigem um reagrupamento maior de fibras musculares, o que ajuda a queimar calorias e perder aquela gordurinha extra que teima em aparecer.

Os benefícios também refletem na melhora do sistema imunológico, na prevenção de doenças e, também, na qualidade de vida do idoso, diminuindo o nível de estresse e minimizando problemas como a insônia e o desânimo.

A atividade pode ser executada em casa ou na academia. Para pacientes que passaram por cirurgias, a faixa elástica pode ser uma ótima aliada durante a recuperação. No entanto, o acompanhamento do fisioterapeuta é essencial.

Saiba Mais
Melhor idade: Aproveite a velhice com qualidade de vida
Aprenda 5 exercícios de alongamento para idosos
Entenda a importância da atividade física na terceira idade

Dicas de exercícios com a faixa elástica

Ficou interessado nos benefícios do acessório? Para lhe inspirar, o Vivo Mais Saudável apresenta a seguir algumas dicas de movimentos que trabalham diferentes partes do corpo. A intensidade varia conforme você esticar a faixa e também de acordo com o tempo de exercício.

A atividade pode ser realizada até três vezes por semana, podendo ser alternada com outros exercícios aeróbicos, como caminhada, corrida, dança ou hidroginástica. Confira alguns movimentos:

1. Elevação Lateral: Pise sobre a faixa e faça a abdução dos ombros

2. Rosca direta: Pise sobre a faixa e faça a flexão dos cotovelos.

3. Remada: Prenda a faixa em uma coluna e puxe-a trazendo as mãos na lateral do tronco, flexionando os cotovelos.

4. Crucifixo: Fixe o acessório em uma coluna e, de costas para ela, faça uma flexão horizontal dos ombros até aproximar uma mão da outra.

5. Agachamento: Pise sobre a faixa, segure uma ponta com cada mão e leve-as sobre os ombros. Agache em linha reta, com postura correta, e suba de volta à posição inicial.

6. Extensão de pernas: Prenda a faixa elástica em uma coluna e posicione os pés na linha do quadril. Fixe a faixa na região dos tornozelos e, com a mão na cintura, eleve a perna referente para o lado. Depois, retorne à posição inicial.

Lembre-se que uma terceira idade ativa é uma forma de melhorar a saúde e a qualidade de vida! Não deixe de comentar o que você achou do artigo e de acompanhar outras dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
baixo impacto
resistência muscular
flexibilidade
qualidade de vida

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ