Terceira Idade

21/03/2016 03:00 - Atualizado em 02/12/2016 03:46

Trilhas e caminhadas rendem mais que boa forma

Sejam históricas, em meio à natureza ou apenas como forma de exercício, as trilhas são excelentes aliadas da saúde.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Corpo e mente precisam estar sempre em equilíbrio, inclusive na terceira idade. Os idosos, por terem mais tempo livre, costumam sofrer mais com sensações de tristeza e abandono. Tudo isso pode ser combatido com trilhas em locais históricos ou em meio à natureza.

Pesquisadores da Universidade College London, no Reino Unido, descobriram que idosos praticantes de exercícios têm três vezes mais chances de envelhecer com saúde, livres de doenças crônicas e degenerativas ou de limitações do movimento. Saiba por que as trilhas podem ser uma excelente atividade.

trilhas no meio do mato

Benefícios de fazer trilhas vão além da saúde

Não precisa andar muito para sentir os benefícios. Segundo um estudo da Universidade de Stirling, na Escócia, uma simples caminhada rápida por ruas e ambientes arborizados já é eficaz para combater a depressão.

Quando o exercício é feito em meio à natureza, o corpo responde de forma ainda melhor. Na Universidade de Chiba, no Japão, pesquisadores estudaram esse impacto na saúde das pessoas. Entre os resultados da investigação, eles descobriram que o corpo responde diminuindo a pressão e melhorando os níveis de glóbulos brancos, quando está num ambiente natural.

Já para o cérebro, as trilhas e as caminhadas impactam diminuindo a ansiedade e o ritmo de atividade mental. Segundo cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, as atividades físicas praticadas em meio à natureza relaxam, aliviam o estresse e melhoram o funcionamento do sistema nervoso.

trilhas em fernando de noronha

Conheça locais para fazer trilhas incríveis

Em qualquer parte do mundo, é possível encontrar natureza para se aventurar em trilhas. No Brasil, esses ambientes naturais são ainda mais abundantes, e nosso país é riquíssimo em ecoturismo. Pernambuco, por exemplo, é o estado que administra Fernando de Noronha, uma ilha famosa por suas belezas paradisíacas.

Uma pesquisa realizada pela Secretaria de Turismo de Pernambuco, em 2014, descobriu que os idosos acima de 61 anos são responsáveis por cerca de 5% dos visitantes do local, um aumento de 10%, se comparado a 2012.

Essa busca pela qualidade de vida resulta em uma terceira idade que compartilha experiências e vivências com outros idosos, além de ter maior longevidade. Confira algumas opções de trilhas e caminhadas.

Trilha histórica

Esse tipo de trilha percorre locais históricos de uma cidade. Não é necessariamente feita em meio à natureza, mas, como permite conhecer diferentes culturas, também ajuda no combate ao estresse. Em Fernando de Noronha, ela começa na Vila dos Remédios e vai até as praias.

Trilha no mato

O tipo mais comum de trilha é feito no meio do mato, como que desbravando espaços pouco conhecidos. Existem lugares que são especiais para idosos; eles promovem a caminhada em clubes e campings ao redor do país. Cidades turísticas, como Foz do Iguaçu e Bonito, oferecem trilha especial para a terceira idade.

Trilha na praia

Algumas praias ficam escondidas em meio às pedras e à natureza. Para chegar até elas, é necessário caminhar um pouco e enfrentar subidas e descidas. No Rio de Janeiro, por exemplo, Búzios e Angra dos Reis são cidades com lugares pouco movimentados e que misturam a trilha histórica com a trilha no mato e a na praia. Aproveite!

Qual dessas opções parece a mais divertida? Deixe sua opinião nos comentários! E aproveite para conferir outras dicas de saúde e atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
caminhada
natureza
depressão
longevidade

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ