Terceira Idade

06/03/2015 04:21 - Atualizado em 08/12/2016 05:13

Tecido acrobático garante diversão para todas as idades

Prática do tecido acrobático auxilia crianças e idosos, melhorando flexibilidade e coordenação.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Do circo para as academias, o tecido acrobático é uma integração de dança, acrobacia e exercícios físicos. Sem restrição de idade, a prática testa os limites corporais pouco a pouco, trabalhando coordenação motora, flexibilidade, expressão corporal e todos os músculos ao mesmo tempo.

Para os idosos, é necessário cuidar com as articulações e a intensidade da força aplicada. Seguindo uma orientação adequada e com força de vontade, é possível realizar um bom gasto calórico e adquirir maior resistência. Já nos primeiros dias, dá para perceber a diferença no próprio corpo.

tecido acrobatico

Quem pode fazer aulas de tecido acrobático?

Antes de começar as práticas no tecido acrobático, é necessário aprender sobre a modalidade. Conforme vai sendo introduzido ao exercício, o aluno vai dando os primeiros passos e fazendo os movimentos introdutórios no pano. Tudo é realizado de forma gradual, sempre alongando os músculos e iniciando por acrobacias simples, mais próximas ao chão.

Praticar os movimentos no tecido acrobático é possível em qualquer idade, da infância à velhice. Não existe um biotipo ideal nem qualquer pré-requisito físico. A partir dos dez anos, já é permitido ingressar nas aulas.

Os professores devem ser preparados para trabalhar com qualquer pessoa e indicar os melhores treinos para cada uma. Peso corporal é irrelevante, e as aulas também podem ser feitas por pessoas com deficiência física.

Equipamentos de segurança são obrigatórios. Como algumas técnicas são mais complicadas, é necessário um local propício e confortável. Colchões abaixo do tecido são colocados para casos de queda - afinal, as acrobacias mais feitas são combinações de manobras, voos e contorcionismos.

Benefícios do tecido acrobático

O corpo é muito beneficiado para quem se exercita no tecido acrobático. Braços fortes e abdômen bem-trabalhado são resultados positivos que surgem da prática. Além disso, alívio da tensão e diminuição do medo de altura aparecem com o tempo.

Sem objetivar a perda de peso, as aulas de acrobacia no tecido ajudam a queimar calorias, mas, caso o aluno deseje reduzir as medidas, é necessário combiná-las a uma alimentação saudável e a outros exercícios.

Em razão do esforço físico, uma hora de atividade no pano elimina, aproximadamente, 300kcal. São o desenvolvimento técnico e a intensidade das manobras que levarão ao gasto calórico.

Determinação, força, flexibilidade e esforço são necessários para praticar exercícios no tecido acrobático, principalmente na terceira idade. O corpo se adapta lentamente ao ritmo das atividades e o condicionamento físico precisa de um tempo diferente em cada um para melhorar. Diferentemente de outras práticas, os músculos são trabalhados em conjunto.

Raciocínio, memória, postura e força dos membros são beneficiados, também. A facilidade para praticar não depende de idade, mas sim de adaptação e treino. Porém, não se recomenda utilizar o tecido em casa. Sempre deve haver certificação do profissional que ministra as aulas e da sustentação do pano, tanto em questão de resistência quanto de segurança.

Outras vantagens da aula com tecido de acrobacias são o trabalho de expressão artística, a maior flexibilidade e a melhora na respiração e na concentração. Quem se movimenta no pano também aumenta a agilidade, a resistência e a força de todo o corpo.

Gostou das dicas de atividade física? Então deixe um comentário! E concorra agora a um smartphone Sony Xperia enviando um zap para o Vivo Mais Saudável. Adicione (21) 96702-5151 nos contatos do seu celular e responda: "Como um app pode ajudar você a ser mais saudável?". Saiba mais aqui.

TAGS
flexibilidade
acrobacia
força muscular
resistência física

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ