Terceira Idade

24/02/2015 10:12 - Atualizado em 25/11/2016 02:46

Projetos para terceira idade proporcionam qualidade de vida

Crescimento no número de projetos para terceira idade é proporcional ao aumento da população idosa.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O Brasil, a exemplo de vários países do mundo, passa por um processo de envelhecimento populacional. O crescimento no número de idosos obriga as instituições a criarem projetos para terceira idade, já que essa parcela da população se mantém ativa e saudável mesmo com o passar do tempo.

De academias a atividades educacionais, o sistema de atenção ao idoso abrange diversas áreas distintas. Confira.

projetos para terceira idade

A importância dos projetos para terceira idade

A melhora nas condições de vida e de saúde da população faz com que mais pessoas cheguem à terceira idade. A expectativa de vida populacional só cresce: no Brasil, atualmente, é de 74,9 anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O problema é que a maior parte dos países não está estruturada para dar suporte a esses idosos. As pessoas vivem muitos anos após a aposentadoria e, muitas vezes, não possuem uma ocupação. O mercado de trabalho ainda tem receio de receber os idosos.

Por isso, governos e outras instituições tiveram de criar projetos para terceira idade que oferecessem algum tipo de atividade para a população.

É muito comum que, após a aposentadoria, os idosos comecem a sofrer de depressão e outros problemas semelhantes. Eles se sentem isolados e incapazes. Após muitos anos de trabalho e produtividade, veem-se obrigados a parar.

Os projetos para terceira idade, além de dar uma ocupação aos idosos, ajudam a melhorar a autoestima e a produtividade deles. Quando estão em movimento, em contato com outras pessoas, adquirindo novos conhecimentos e criando produtos relevantes, eles se sentem mais ativos. Isso melhora a saúde psicológica dos idosos e aumenta sua qualidade de vida.

Projetos para terceira idade: Os exemplos

No Brasil, prefeituras e entidades de auxílio social possuem projetos para terceira idade que oferecem a possibilidade de viver essa fase de forma mais ativa. Eles variam entre espaços de capacitação, projetos de inserção social e atividades esportivas. O objetivo é facilitar o acesso dos idosos a atividades que já não estão tão próximas deles quanto costumavam ser.

A prefeitura de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, promove uma competição de jogos para os idosos. Os Jogos Municipais da Terceira Idade promovem a integração e oferecem momentos de lazer. As equipes que participam costumam se reunir para treinar antes dos jogos, o que ajuda na interação dos participantes e nos cuidados com a saúde.

O Serviço Social do Comércio (SESC) de Santa Catarina possui o projeto Idoso Empreendedor. Os instrutores auxiliam na inserção dos idosos no meio tecnológico, com aulas de informática e a realização de atividades online. Mais preparados e habituados à tecnologia, os idosos ganham chances de preencher vagas no mercado profissional.

No Ceará, os projetos para terceira idade estão mais voltados para o contato dos idosos com os jovens. O grupo Cidadania Ativa, por exemplo, busca pessoas idosas que tenham reconhecimento em alguma área de atuação, como teatro ou música, e leva essas pessoas a escolas e projetos sociais. A ideia é proporcionar a troca de experiências entre crianças e pessoas mais experientes. 

E você, conhece outra iniciativa? Conte para nós! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
atividades
exercícios
amizade
idosos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ