Terceira Idade

20/04/2015 10:28 - Atualizado em 09/12/2016 04:29

Peteca: Brincadeira de criança também estimula os idosos

A atividade é dinâmica e recreativa, proporcionando benefícios para a saúde física e mental.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Quem disse que peteca é uma brincadeira apenas para crianças? O jogo também pode ser praticado pelos idosos e ainda trazer diversos benefícios para a saúde, como o controle e a prevenção de doenças comuns na terceira idade. A atividade é dinâmica e recreativa, melhorando a agilidade e a integração entre os idosos.

Praticar atividades físicas regularmente é indicado em todas as fases da vida, mas, na terceira idade, é ainda mais importante se manter ativo. Além de melhorar o funcionamento de todo o organismo, os exercícios aumentam a autoestima dos idosos e proporciona mais bem-estar e qualidade de vida.

É importante que as pessoas encontrem uma atividade que gostem de fazer e que seja prazerosa, pois assim elas não desanimam e nem perdem a vontade de praticar o exercício. A dica é buscar esportes diferentes e coletivos, como é o caso da peteca, que diverte os participantes e promove um momento de lazer.

peteca

Peteca é opção também para idosos

A peteca - ou volante - é utilizada num esporte chamado badminton, cujas origens remetem à Idade Média. Porém, há registros de atividades recreativas com o objeto em diversos lugares do mundo, inclusive no Brasil. Por aqui, o jogo de peteca surgiu na época dos índios, como forma de diversão e integração.

Com o passar dos anos, regras foram estabelecidas e o badminton se tornou um esporte profissional. Não há contraindicações e pessoas de qualquer idade podem jogar.

A brincadeira pode ser formada por duas duplas rivais, em uma quadra com a divisão de uma rede, ou então de forma amistosa, sem rede e formando um círculo com várias pessoas. A quadra é como a de tênis, mas qualquer espaço pode ser usado, como no pátio de casa.

As regras são muito simples, até mesmo nos jogos oficiais. A partida começa com o saque inicial e a peteca passará de um lado ao outro da rede. Ganha um ponto o time que fizer o adversário deixar o objeto cair no chão.

Benefícios da peteca para idosos

Por ser um jogo dinâmico, ele exige a movimentação de vários grupos musculares, principalmente dos membros superiores. Por isso, a atividade melhora a força e a resistência muscular, além de aumentar a massa magra e queimar gorduras, ajudando no controle e na perda de peso.

Jogar peteca melhora as capacidades cognitivas, como a coordenação motora, o equilíbrio e os reflexos, fatores que ajudam a desenvolver as atividades do cotidiano. Ainda, traz benefícios para a saúde mental, aumentando a autoestima e a autoconfiança, além de contribuir para o convívio social, estimulando novas amizades e a integração com outras pessoas.

Outro ponto positivo é a melhora da mobilidade e da capacidade de locomoção dos idosos, o que acaba evitando problemas comuns na terceira idade, como as quedas. Sem falar na prevenção e no controle de problemas como doenças cardiovasculares, pressão alta, diabetes e doenças respiratórias.

Alguns cuidados são necessários na hora de praticar, principalmente se o idoso não é acostumado a fazer exercícios e não tem muito preparo físico. É importante respeitar as restrições médicas e as limitações de cada um, praticando a atividade com calma e fazendo pausas para descansar.

No jogo, não há grandes riscos de acidentes, mas é indicado sempre fazer o alongamento e aquecimento do corpo antes. Isso evita lesões, contusões e dores musculares posteriores. Depois, é partir para a diversão e não deixar a peteca cair!

Que tal experimentar? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir o especial Você Mais Saudável - Corpo, mais uma novidade aqui do Vivo Mais Saudável.

TAGS
badminton
esporte
idosos
atividade recreativa

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ