Terceira Idade

19/11/2015 07:12 - Atualizado em 01/12/2016 07:34

Exercícios são essenciais para a prevenção de doenças

A prática regular de atividades físicas na terceira idade ajuda a prevenir e controlar osteoporose e diabetes.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Além de trazer benefícios para a saúde e o bem-estar dos idosos, a prática regular de exercícios também contribui para a prevenção de doenças comuns da terceira idade. Problemas cardíacos, hipertensão, obesidade, osteoporose e depressão, por exemplo, podem ser combatidos com atividades físicas.

Com a chegada da terceira idade, o corpo perde naturalmente densidade muscular e óssea, ficando mais propício a desenvolver essas doenças. O idoso tem perda de até 5% da capacidade física a cada dez anos, mas tem possibilidade de recuperar 10% dessa capacidade com a prática das atividades adequadas. Conheça algumas.

Idosas praticando atividade física no parque para a prevenção de doenças

Exercícios como prevenção de doenças

Segundo Higor Cavalcante, professor da academia Smart Fit, a prática de atividades físicas contribui para o bem-estar e para a prevenção de doenças entre os idosos. “Ao executar exercícios, nosso corpo sofre alterações metabólicas que auxiliam na obtenção de uma maior qualidade de vida, diminuindo doenças da terceira idade”, explica.

Entre as principais doenças que são prevenidas com a atividade física estão os problemas cardiorrespiratórios, que possuem grande incidência no país. Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, mais de 300 mil pessoas morrem por ano no Brasil devido a doenças cardiovasculares.

De acordo com o Ministério da Saúde, além de ajudar na prevenção de doenças do coração, os exercícios trazem uma série de outros benéficos para o corpo e a mente dos idosos. A prática protege as artérias e os vasos sanguíneos, aumenta a queima de calorias, melhora a tonicidade dos músculos e fortalece as articulações.

Com isso, também ajuda no combate e na prevenção de doenças como alguns tipos de câncer, hipertensão, derrame, obesidade, diabetes tipo 2, osteoporose, disfunção erétil, ansiedade, demência e depressão.

Saiba Mais
Conquiste fortalecimento muscular na terceira idade
Cabelos da mulher demandam cuidados na terceira idade
Memória de idosos pode ser aprimorada com exercícios

O professor ainda aponta que um dos maiores efeitos da prática de atividades físicas é o aumento da autonomia do idoso, proporcionando a ele maior capacidade de efetuar suas tarefas cotidianas. “Ocorre também aumento na força corporal e na resistência muscular, promovendo melhoras na postura e até mesmo maior capacidade respiratória”, completa Higor.

Um estudo feito pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe), de São Paulo, apontou que idosos fisicamente ativos precisam menos de socorro médico que os sedentários.

Durante 12 meses, pessoas com idade média de 79 anos foram acompanhadas. De acordo com os resultados, no grupo de 48 idosos ativos, os exercícios reduziram em 35% a procura por atendimento médico em relação aos 44 pacientes sedentários.

idosas praticando aeróbico para prevenção de doenças

Atividades mais indicadas

Para a prática das atividades, é indicado manter um equilíbrio entre o fortalecimento muscular e o condicionamento aeróbico, sempre respeitando as particularidades de doenças e as necessidades de cada idoso.

Para Higor, qualquer atividade para idosos sedentários é benéfica, mas na terceira idade é muito importante o fortalecimento muscular. “Nessa faixa etária, em especial, a musculação tem ótimos resultados, em função de conseguirmos inserir no treinamento contra resistido movimentos que o ajudarão em sua funcionalidade diária de maneira mais rápida e eficiente.”

Recomendam-se ainda outras atividades de baixo impacto, como caminhadas, danças, natação, hidroginástica, yoga e pilates, evitando-se sempre o risco de lesões nos músculos e a sobrecarga das articulações.

Além da prática regular e orientada de exercícios físicos, outros fatores também contribuem para a prevenção de doenças e para uma velhice mais saudável. São eles:

- Hábitos alimentares equilibrados

- Acompanhamento médico periódico para o diagnóstico precoce e o tratamento adequado dos eventuais problemas de saúde

- Descanso e lazer apropriados

- Mente estimulada, ativa e produtiva.

Gostou do artigo? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
saúde do coração
fortalecimento muscular
condicionamento físico
autonomia

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ