Terceira Idade

07/09/2015 07:14 - Atualizado em 09/12/2016 08:15

Exercício abdominal previne dores e incontinência urinária

Devido à perda de massa muscular, é importante praticar exercícios que tonifiquem a musculatura.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você sabia que uma série de problemas de saúde frequentes em idosos podem ser prevenidos com a prática de atividades físicas? O exercício abdominal é um dos mais importantes, pois fortalece a musculatura da região da barriga e das costas, além de eliminar o excesso de gordura que se acumula no local com o envelhecimento.

Problemas como dores nas costas, incontinência urinária e obesidade também podem ser prevenidos. Mas vale lembrar que é fundamental praticar os exercícios respeitando as limitações físicas e de saúde para evitar lesões e conquistar apenas benefícios.

Benefícios do exercício abdominal

Com o avanço da idade, o corpo começa a sofrer perdas naturais de massa muscular. Por isso, realizar atividades físicas que aumentem e tonifiquem a musculatura se torna ainda mais importante na terceira idade. Além disso, as gorduras localizadas e a flacidez da pele também surgem com mais facilidade, nessa fase.

idosa praticando exercicio abdominal

A prática regular de exercício abdominal ajuda a eliminar o excesso de gordura, a fortalecer os músculos e ainda a reconstruir as fibras de sustentação da pele, dando mais firmeza para a região. Com o abdômen fortalecido, a musculatura inferior das costas também recebe mais apoio, melhorando a postura e prevenindo as dores lombares.

A tonificação dos músculos pélvicos e abdominais ajuda na prevenção da incontinência urinária, diminuindo os riscos de se apresentar o problema. Quando a musculatura dessas regiões é fraca, a eliminação de resíduos é dificultada e a formação de hérnias e hemorroidas fica favorecida.

Exercícios mais indicados para idosos

Os melhores tipos de exercício abdominal para essa fase da vida são os que revigoram os músculos superiores e inferiores. Os movimentos podem ser realizados com aparelhos ou no solo, entre duas e três vezes por semana, respeitando sempre as limitações físicas de cada pessoa e com o acompanhamento de um profissional.

Para os idosos que não estejam habituados a praticar atividades físicas, o começo do treinamento deve ser devagar, aumentando a intensidade aos poucos. Exercícios cardiovasculares, como caminhada e natação, fortalecem os músculos abdominais e ajudam a queimar gordura, além de servir como preparação para realizar outras atividades.

O exercício abdominal comum é indicado para idosos porque é simples e fácil de ser feito. Quando existe dificuldade em se levantar do chão, o movimento também pode ser realizado sentado. Basta sentar na ponta de uma cadeira, colocar as mãos atrás da cabeça e mover o tronco para a frente num ângulo de 30 graus, contraindo o abdômen.

Saiba Mais
Melhore o treino de pilates com o Bosu
Dança circular: Brincadeira de ciranda também serve para idosos
Conheça os benefícios do aikido para os idosos

Outro tipo de exercício abdominal um pouco mais difícil é realizar o mesmo movimento anterior utilizando uma bola de estabilidade. Além de todos os benefícios já citados, essa opção ainda melhora o equilíbrio e a coordenação motora. Como a bola dificulta um pouco o movimento, pode ser perigosa para algumas pessoas.

Para realizar qualquer tipo de atividade física na terceira idade, é indicado fazer uma avaliação médica para escolher o melhor exercício e conhecer as limitações que devem ser respeitadas. A indicação e o acompanhamento de um profissional durante a prática também é fundamental para garantir a segurança dos idosos.

Você pratica atividades físicas? Qual seu exercício favorito? Conte para nós! E aproveite para conferir mais dicas de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
exercícios para idosos
incontinência urinária
massa muscular
tonificar a musculatura

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ