Terceira Idade

10/07/2014 08:00 - Atualizado em 07/12/2016 08:23

Caminhada na terceira idade é ótimo exercício para a saúde do idoso

Caminhada na terceira idade previne doenças e tem baixo risco de lesões.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Quando uma pessoa chega à terceira idade, o risco de obter uma série de complicações de saúde aumenta.Além de inúmeras doenças, existe a dificuldade de locomoção. A melhor maneira de combater esse tipo de problema é com a prevenção. E a caminhada na terceira idade é um dos melhores exercícios para esse fim. 

Por que adotar a caminhada na terceira idade

O exercício é fácil, não exige grande esforço e tem baixo impacto. Ou seja, o risco de lesões e quedas, grande preocupação nessa fase da vida, é quase nulo. E assim, o idoso sai de casa e se sente mais disposto a encontrar e visitar os amigos, outra grande dificuldade na terceira idade.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Quando se chega à terceira idade, o corpo passa por inúmeras transformações, tais como declínio de massa muscular, fragilidade no sistema ósseo e queda da capacidade aeróbica, na flexibilidade, agilidade e coordenação. A situação é pior para quem sofre de osteoporose, artrose e osteopenia, para citar algumas enfermidades que costumam acometer pessoas de idade avançada.


Com essas dificuldades, é compreensível que o idoso sinta-se resistente à idéia de praticar algum exercício físico, já que este será associado à dificuldade de sua prática e à dores sentidas durante a ativiade física. E é exatamente estes problemas que exercícios como a caminhada na terceira idade combatem.

Manter a ideia de que é melhor ficar sentado no sofá de casa olhando televisão, para que não haja riscos, apenas piora as coisas. Ver pouco a luz do dia e não mexer os ossos aumenta até mesmo o risco de depressão, pois a rotina se torna monótona e vem com ela a ideia de que não há nada que se possa fazer para mudar.

Cuidados para a caminhada na terceira idade

Mas é preciso entender que esses receios têm motivo. Uma queda em idade avançada pode ser muito grave, uma vez que os ossos não são mais tão resistentes. E devido aos problemas listados acima – fraqueza muscular e perda de agilidade, por exemplo –, as chances de cair e se machucar aumentam. A atividade física de um idoso precisa, portanto, levar tudo isso em conta.

São esses os motivos que fazem a caminhada na terceira idade ser a opção ideal. Se a vizinhança é tranquila, pode ser feita nela mesma. Mas cuidado: algumas calçadas são repletas de desníveis, o que significa um risco maior de queda. A preferência deve ser por parques com ampla natureza, que deixam o idoso ainda mais motivado a sair de casa e respirar um ar mais puro. É recomendável que, paralelo à prática, procure-se sempre um médico, para que oriente corretamente os limites da atividade física.

Benefícios de caminhar em qualquer idade

Os benefícios da caminhada são para todo mundo. Ela acelera o metabolismo e queima calorias, melhora o sistema circulatório, deixa o pulmão mais eficiente, combate a osteoporose, aumenta a sensação de bem-estar, deixa o cérebro mais saudável, diminui a sonolência, controla a vontade de comer e protege o organismo contra derrames e infartos.

E por ser um exercício aeróbico, a caminhada utiliza oxigênio na geração de energia para os músculos, resultado de uma atividade física rítmica. Isso fortalece os músculos que trabalham na respiração e também a musculatura envolvida no exercício realizado.

Gostou do texto ? Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência!!!

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ