Terceira Idade

30/08/2014 02:50 - Atualizado em 08/12/2016 11:16

Alongamentos para idosos são chave contra o envelhecimento

Prática de alongamentos para idosos ajuda a manter a forma física na terceira idade.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A população de idosos está crescendo no Brasil e no mundo. Com o aumento da expectativa de vida, houve também um aumento da população de pessoas de maior idade que estão sentindo a necessidade de seguir um programa adequado de atividades físicas para a manutenção da saúde.

alongamentos-para-idosos

A atividade física na terceira idade tem sido considerada um importante componente de um estilo de vida saudável, devido particularmente à sua associação com diversos benefícios para a saúde física e mental. E é por isso que muitas pessoas vêm apostando em uma terceira idade de maior qualidade de vida, por meio de práticas como a de alongamentos para idosos.

Ao contrário do que se pensa, é extremamente recomendado que alongamentos para idosos sejam adotados, visto que eles auxiliam no estímulo corporal até mesmo de quem já apresenta musculatura debilitada para a execução de atividades aeróbicas e de musculação.

Importância dos alongamentos para idosos

A importância dos alongamentos para idosos ocorre principalmente devido ao fato de que, com o tempo, tem-se uma perda significativa de todas as capacidades motoras, tais como: flexibilidade, equilíbrio, coordenação motora, força, além de uma grande perda da massa muscular e óssea resultando assim em um aumento da gordura corporal.

Os alongamentos para idosos são um elemento indispensável, uma vez que auxiliam nesse processo de retardo do envelhecimento. Além disso, proporcionam os benefícios já conhecidos da prática de exercícios físicos, como uma potencialização da sensação de autonomia e bem-estar.

Esse bem-estar não é apenas físico, mas também psicológico. Além disso, os alongamentos estimulam o metabolismo da pessoa, bem como auxiliam no processo de combate a inflamações, melhora capacidades funcionais e também cognitivas.

Esse apanhado de benefícios, por ainda ser somado ao aprimoramento das qualidades que permitem realizar conforto e independência nas atividades diárias, possibilitam também um melhor convívio social, melhor interação para desenvolver atividades culturais e recreativas e envolvimentos em projetos para idosos potencializando assim um envelhecimento ativo.

Alongamentos para idosos na rotina diária

No entanto, assim como nos demais exercícios físicos, a prática de alongamentos para idosos deve ser algo que traga prazer e satisfação. Também é importante que seja adicionada à rotina diária para assim ser praticada com regularidade.

Se possível, consulte um profissional de educação física e faça as atividades de forma supervisionada. Também é importante optar por roupas confortáveis, calçados adequados, em academias, clubes, ao ar livre e dentro do limite individual de cada um.

Em especial na terceira idade, os alongamentos são de grande importância, uma vez que previnem lesões e geram ganho de amplitudes dos idosos. Por isso, é fundamental para a saúde e bem-estar do idoso que os alongamentos sejam priorizados durante o programa de exercícios.

Além da supervisão de um profissional de educação física, é de extrema importância que, antes da adoção de qualquer exercício físico, um médico seja consultado para a realização de exames, para controles nutricionais, e de ordem fisiológicas, tais como diabetes, colesterol, triglicérides, tireóide, hormonais, doenças cardíacas.

Manter-se supervisionado por profissionais é um passo importante para manter a saúde e a qualidade de vida por mais tempo, e assim, envelhecer com mais saúde e vigor.

E você coloca em prática o alongamento para idosos? Deixe um comentário!

TAGS
exercícios
alongamentos
idosos
terceira idade

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ