Musculação

19/02/2015 04:40 - Atualizado em 22/09/2016 01:50

Veja dicas para potencializar os resultados do treino para braço

O treino para braço define a musculatura e garante resultados tanto estéticos quanto para a saúde.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Os braços, especialmente os masculinos, costumam ser associados a força e tonificação dos músculos. Ao contrário das pernas, da barriga e do peito, eles estão quase sempre expostos. Por isso, um bom treino para braço deixa essa parte do corpo ainda mais chamativa.

Mas não é só uma questão estética. Os membros são importantes para tarefas do dia a dia, como dirigir e trabalhar. Ou seja, exercitar os bíceps e os tríceps serve tanto para o visual quanto para a saúde e a resistência física. Confira dicas para potencializar os resultados do treino.

treino para braco

Cardápio faz a diferença no treino para braço

Segundo uma pesquisa da Universidade Lillehammer, na Noruega, quando malhamos vários grupos de músculos em uma mesma sessão de exercícios, ocorre um pico de testosterona e GH no organismo. O GH é composto por hormônios importantes no ganho de massa.

Esse ganho aumenta consideravelmente com uma alimentação correta. Por isso, quem deseja ter bíceps e tríceps trincados, definidos e tonificados precisa ir além do plano de exercícios. Treinadores, fisiologistas, e outros profissionais da saúde elaboraram um programa que se baseia também na dieta para turbinar a massa muscular.

Dessa forma, os nutrientes de uma alimentação correta beneficiam o treino para braço, ajudando a pessoa a conquistar um corpo mais delineado.

Dieta para intensificar seu treino para braço

Se você deseja tornar seu treino para braço ainda mais potente, um cardápio balanceado é o primeiro passo para tonificar os músculos. No café da manhã, coma um sanduíche de pão integral com uma fatia de queijo branco ou ricota. Para acompanhar, uma vitamina de mamão, banana e chia batidos com leite desnatado é o ideal.

No lanche da manhã, uma barra de 30g de proteína é o suficiente. Para o almoço, você pode comer uma salada que inclua cenoura ralada, rúcula, alface e agrião, acompanhada de duas colheres de arroz integral, uma concha de feijão e um filé de peixe ou frango grelhado (porção de 100g).

Essa refeição pode ser trocada pela mesma salada, mas com acompanhamento de duas colheres de macarrão integral à bolonhesa.

No lanche da tarde, opte por 200ml de salada de frutas com um pote de iogurte desnatado e uma porção de castanhas.

No jantar, sirva-se da mesma salada do almoço, acompanhada de duas colheres de macarrão integral ao alho é óleo, ou uma colher de arroz integral, uma concha de feijão e um filé de frango grelhado (porção de 100g).

Na ceia, pegue leve: um pote de iogurte desnatado com uma porção de castanhas, ou então duas torradas integrais com uma ponta de faca de queijo cottage.

Lembramos que estas são apenas sugestões. O mais indicado é consultar um nutricionista para verificar seu gasto calórico e as necessidades do seu corpo.

Treinando os braços na academia

Intensificar o treino para braço na academia é possível se você incluir a barra fixa (fazendo a pegada curta, com as palmas das mãos viradas para você) no próprio treino de costas. Trabalhando de forma composta, esse exercício exige resistência também dos bíceps. Além disso, inclua paralelas no treino de tríceps e peitoral.

Depois de 48 horas do seu treino para parte posterior, faça um treinamento específico para os braços (bíceps e tríceps). Quando faz os exercícios com os braços descansados, você maximiza a intensidade e a força dos membros.

Pronto para turbinar seu treino para braço? Conte para nós! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ