Musculação

19/10/2015 10:32 - Atualizado em 01/12/2016 01:42

Treino GVT: Eleve a hipertrofia a outro patamar

O objetivo é "destruir" cada grupo muscular com um grande volume de esforços repetitivos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Praticar apenas um exercício por dia e, ainda assim, transformar o corpo: essa é uma das promessas do treino GVT.

Criada na Alemanha em meados dos anos 1970, a técnica aposta em dez séries de dez repetições. Cada músculo ou grupo muscular escolhido é "destruído", ou seja, exposto a “um tremendo volume de esforços repetitivos”, explica o professor de Educação Física Leandro Conte, da Fórmula Academia de São Caetano do Sul-SP. Entenda como o processo funciona.

mulher praticando o treino GVT

Como funciona o treino GVT

As microlesões geradas pelos movimentos do German Volume Training (GVT) garantem o crescimento muscular. Porém, por essa ser uma atividade cansativa e pesada, é indispensável o tempo de descanso no dia seguinte. “Os ansiosos não vão gostar desse tipo de treino por causa dos longos períodos de intervalo, mas eles precisam ser respeitados”, brinca o instrutor.

Os músculos precisam ser estimulados como um todo: “Você tem que trabalhar com exercícios que forcem a musculatura de forma sinérgica, ou seja, em conjunto, para ser um treino mais completo”. De acordo com Conte, os movimentos mais escolhidos são os exercícios chamados de multiarticulares.

“Por exemplo, para coxa você vai utilizar o agachamento. Para as costas, a barra fixa. Peitoral, o supino e, para os ombros, vamos trabalhar as variações do desenvolvimento”, destaca.

Esse tipo de treino funciona em dias intercalados. Para cada sessão, há um período de descanso. “Muitos acham que ficar um dia sem fazer nada é perda de tempo, mas o descanso é muito importante”, frisa Leandro. E, justamente por ser puxado, o GVT não deve ser uma aposta contínua. Recomenda-se segui-lo por no máximo seis semanas.

Saiba Mais
Treino tríceps ajuda a combater flacidez dos braços
Insanity workout transforma o treino num game
Bootcamp: Fique em forma feito os militares

Transforme o shape com o treino GVT

Achou interessante? Agora que você já sabe como funciona o treino GVT, confira um exemplo de rotina de exercícios indicado pelo professor Leandro Conte. Vale lembrar que, antes de seguir esse ou qualquer programa, é importante conversar com o instrutor da academia para verificar se a prática serve aos seus objetivos. 

- Segunda-feira: peito e costas (dez séries de dez repetições cada)

- Terça-feira: descanso

- Quarta-feira: pernas e panturrilha (dez séries de dez repetições cada)

- Quinta-feira: descanso

- Sexta-feira: ombro, bíceps e tríceps (dez séries de dez repetições cada).

Que achou das dicas? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras novidades de saúde e atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
treino intercalado
definição muscular
força muscular
german volume training

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ