Musculação

13/01/2016 01:00 - Atualizado em 13/11/2016 03:43

Seja uma grávida sarada sem prejudicar o bebê

As atividades físicas melhoram a qualidade de vida durante a gestação.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A polêmica envolvendo uma nutricionista que divulgou fotos em suas redes sociais exibindo um abdômen definido mesmo no oitavo mês da gestação gerou muitas dúvidas entre as futuras mamães. Afinal, ser uma grávida sarada pode trazer riscos para a saúde da mãe e do bebê?

O Vivo Mais Saudável conversou com a educadora física Natalia Bruzzone, da Smart Fit, que tirou algumas dúvidas sobre a relação entre gravidez e exercícios físicos. Confira!

gravida sarada confere ultrassom

Prós e contras de ser uma grávida sarada

Natalia conta que, durante a gestação, a rotina de exercícios deve ser mais leve. "Ter o acompanhamento de um profissional qualificado é fundamental para guiar o treino, pois cada gestação tem seu diferencial", alerta a educadora física.

Segundo ela, ser uma grávida sarada - ou seja, manter a boa forma - pode ser possível com as atividades físicas certas para a gravidez. Porém, especialmente a mulher que nunca treinou deve tomar cuidado ao começar a praticar exercícios durante a gestação.

O tempo de treino de uma gestante pode variar de acordo com seu condicionamento físico. "Lembrando que a frequência cardíaca durante a atividade deve ficar no máximo entre 140 e 150 por minuto", orienta Natalia.

A gestante pode realizar diversas modalidades de atividade física, mas todas deverão ser adaptadas ao quadro gestacional. Natalia destaca, também, a importância da liberação do médico.

Algumas modalidades muito indicadas para gestantes são hidroginástica, musculação, pilates, yoga e caminhadas. Porém, caso haja algum destes sintomas, é preciso ficar alerta:

- Visão turva

- Enjoo

- Falta de ar

- Palpitações

- Tontura

- Dor abdominal

- Desmaio

- Sangramento vaginal

- Contrações uterinas.

A educadora física explica que, caso a gestante sinta qualquer uma desses sintomas, deve interromper a atividade imediatamente e procurar apoio com o professor ou o médico. Outra recomendação da profissional é que, antes de iniciar qualquer atividade, a praticante indique que está grávida, recebendo, assim, um treino apropriado e seguro.

Saiba Mais
Ginástica na gravidez: Descubra quais são os limites
Dieta e exercícios previnem o inchaço na gravidez
Toxoplasmose na gravidez pode trazer complicações ao bebê

Benefícios da atividade física na gestação

As futuras mamães que apostam em exercícios físicos de maneira controlada e segura tendem a desfrutar de mais qualidade de vida durante a gestação. Segundo a educadora física, entre os pontos positivos de manter uma vida ativa estão alívio de dor nas costas, diminuição do inchaço, redução dos riscos de diabetes e hipertensão e, ainda, controle de peso.

Além disso, uma pesquisa inédita realizada na Universidade de Montreal, no Canadá, revelou que grávidas que apostam em exercícios regularmente têm mais chances de terem bebês com cérebros mais desenvolvidos.

O estudo analisou 18 grávidas, divididas entre dois grupos. Um deles foi orientado a não praticar atividades e o outro a fazer 20 minutos de exercício cardiovascular três vezes por semana. O resultado foi que os bebês que fizeram parte do grupo ativo apresentaram mais atividades cognitivas que os das mães sedentárias.

E você, pretende ser uma grávida sarada durante a sua gestação? Qual a sua opinião sobre o assunto? Deixe um comentário! E continue acompanhando as dicas de saúde e atividade física do Vivo Mais Saudável.

TAGS
gravidez
gestação
ginástica
corpo em forma

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ