Musculação

08/02/2016 12:00 - Atualizado em 10/12/2016 12:38

Saiba como funciona a dieta para hipertrofia feminina

Cardápio tem objetivo de eliminar a gordura e aumentar a massa magra.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Braços definidos, coxas torneadas e abdômen trincado. Se você tem esses objetivos, precisa aliar a musculação a uma dieta para hipertrofia feminina. O cardápio visa a eliminar a gordura e a aumentar a massa magra no corpo.

Para obter sucesso, porém, é preciso ter consciência de que esforço e disciplina andam lado a lado. Além de escolher com cuidado seus alimentos, você deve seguir religiosamente seu plano de atividades na academia. Interessou? Então confira as dicas para tornar o corpo sarado possível.

mulher faz dieta para hipertrofia feminina

Comece uma dieta para hipertrofia feminina

Sem porcarias

Se o seu objetivo com a dieta é deixar os músculos trincados, prepare-se para dar adeus aos doces e aos pratos gordurosos. Chocolates, fast-food, refrigerantes, sucos de caixinha, bebidas alcoólicas, biscoitos e outros alimentos industrializados devem ficar de fora do cardápio.

Macronutrientes

Os macronutrientes são as proteínas, os carboidratos e as gorduras. Eles dão origem às calorias que você vai ingerir ao longo do dia. Numa dieta para hipertrofia feminina, a ingestão de proteínas deve ser maior, pois ela é responsável pela formação da massa magra.

Existe um debate constante no mundo acadêmico sobre a quantidade ideal de proteína. De maneira geral, a recomendação é de dois gramas por quilo de peso corporal. Contudo, o melhor é conversar com um nutricionista especializado para saber a quantidade correta para o seu biótipo.

Muita atividade física

Mesmo apostando na dieta, não dá para deixar o treino de lado, já que você irá ingerir mais alimento que o normal e precisará compensar na malhação. Converse com seu instrutor e explique quais são os seus objetivos. Ele poderá lhe orientar quanto aos exercícios ideais para o aumento da massa magra e a queima da gordura.

Confira uma opção de cardápio

A seguir, você confere algumas opções para inserir no dia a dia. No entanto, vale lembrar que os resultados variam conforme as necessidades nutricionais de cada pessoa. Consulte-se com um profissional antes de adotar uma dieta para hipertrofia.

Café da manhã

- 200ml de leite de soja ou desnatado

- 2 colheres rasas de sopa de ovomaltine

- 2 fatias de pão integral

- 1 colher de sopa de queijo cottage ou 1 fatia de queijo branco

- 1 maçã.

Lanche manhã

- 2 castanhas-do-pará

- 1 barra de proteína.

Almoço

- 1 prato de sobremesa de salada com vegetais de 3 cores e azeite

- 1 colher rasa de arroz integral

- ½ concha de feijão

- 2 colheres de sopa de vegetais cozidos

- 2 unidades de frango ou bife grelhado.

Lanche da tarde

- 1 fruta

- 1 scoop de whey diluído em 150ml de água

- 2 colheres de sopa de aveia ou de farelo de aveia

- 2 fatias de pão integral

- 2 fatias de peito de peru

- 1 fatia de queijo branco.

Jantar

- Salada com 3 cores de vegetais e azeite

- Omelete (3 claras, 1 gema e 1 fatia de queijo branco).

Viu como montar uma dieta para hipertrofia feminina é simples? Conte para nós o que você achou das sugestões! E aproveite para acompanhar outras dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
nutrição
proteínas
cardápio
massa magra

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ