Musculação

11/03/2016 01:00 - Atualizado em 18/11/2016 10:35

Quer ficar mais forte? Aposte nos treinos para hipertrofia

Repetições, séries e pesos devem ser administrados pelo personal que acompanha os treinos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Na onda do corpo sarado e torneado, os treinos para hipertrofia são o foco de quem deseja ganhar massa magra. Sem muitos segredos e complicações, essa atividade pede apenas esforço e foco. Os resultados aparecem ainda mais rápido se você mantiver uma alimentação regrada e não deixar de descansar bastante.

A hipertrofia muscular nada mais é que o aumento da musculatura trabalhada nos exercícios. Esse crescimento é normalmente atingido pela prática de musculação, mas também pode ser resultante de outras atividades, como crossfit, corrida ou treinamento funcional. A seguir, confira como acertar nas escolhas e tenha músculos incríveis.

mulher pratica treinos para hipertrofia

Tudo sobre os treinos de hipertrofia

Alguns adeptos de atividades físicas acreditam que os treinos para hipertrofia são efetivos porque se baseiam na carga alta com poucas repetições. Não é bem assim. Na verdade, o peso colocado nas máquinas de musculação é realmente alto, então o praticante não consegue fazer muitos movimentos sem se cansar.

Existem diversos métodos para alcançar o aumento da musculatura. Alguns deles são:

- Treino paramidal: aumenta a carga em cada série e diminui as repetições

- Drop set: começa com carga alta, que é diminuída ao longo da série

- Ênfase na fase excêntrica: controla o peso durante os movimentos.

Quem aposta em treinos para hipertrofia deve entender que não é o exercício em si que garante resultados. Com cargas adequadas, as atividades devem ser exaustivas, sem número contado de repetições. É na dor e no cansaço que o músculo se desenvolve - porém, sempre respeitando os limites do próprio corpo.

Para acertar nas escolhas e aumentar o seu percentual de massa magra, converse com seu instrutor. O profissional irá analisar o seu shape e identificar quais são as regiões do corpo que carecem de mais esforço. Não tenha preguiça!

Potencialize os treinos para hipertrofia

O corpo sarado envolve malhação, mas também dieta. Segundo a nutricionista esportiva Geórgia Bachi, ao praticar uma atividade desgastante, o corpo passa pelo anabolismo, o aumento da massa magra, e o catabolismo, a perda dessa massa. Por isso, é indispensável investir em refeições pré e pós-treino adequadas para que o esforço não seja em vão.

“A nutrição esportiva trabalha exatamente para diminuir os períodos de catabolismo e aumentar e auxiliar o anabolismo, nutrindo o corpo para que ele tenha substrato para realizar o desenvolvimento das novas fibras musculares”, explica. E não pense que é difícil preparar os pratos adequados para o treino!

Você apenas deve investir em muita água, carnes magras, ovos, arroz, frutas, oleaginosas, legumes e vegetais. Dá para montar vários pratões saudáveis e gostosos com essas opções. Já alimentos como bolachas recheadas, sorvete, chocolate, salgadinhos e sucos industrializados perdem a vez. Converse com seu nutricionista e elabore um plano alimentar adequado para o seu treino.

Por último, vale a dica: treinar é bom, mas exagerar pode ser prejudicial. O overtraining acontece quando você não dá o descanso necessário para a recuperação da musculatura. O resultado são muitas dores e até lesões no corpo. Lembre-se de respeitar os sinais do cansaço e de não trabalhar o mesmo grupo muscular dois dias seguidos.

Pronto para partir para os treinos de hipertrofia? Então aproveite e compartilhe o artigo com seus amigos marombeiros! E lembre-se que o Vivo Mais Saudável sempre traz novidades de saúde e atividade física.

TAGS
massa magra
massa muscular
academia
treino pesado

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ