Musculação

19/02/2016 11:00 - Atualizado em 08/12/2016 12:21

Glutamina engorda ou emagrece? Acabe com as dúvidas

A substância é usada por atletas e praticantes de musculação para manter ou ganhar massa muscular.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Ela é um dos suplementos mais consumidos hoje em dia, mas você sabe se glutamina engorda ou ajuda a emagrecer? A substância é usada principalmente por atletas e praticantes de musculação para auxiliar no processo de definição e ganho de massa muscular. Veja como ela atua no organismo.

Entenda a função da glutamina

A glutamina é composta por aminoácidos e produzida naturalmente pelo organismo, sendo indispensável para seu funcionamento adequado. Ela mantém o corpo trabalhando corretamente, formando blocos de proteínas que ajudam no transporte de nitrogênio pelos músculos e pela corrente sanguínea, o que contribui para o ganho de massa muscular.

A maior parte de glutamina que uma pessoa precisa é produzida pelo próprio organismo nas células musculares. Porém, quando passa por situações estressantes, como a realização de exercícios intensos, o corpo utiliza o aminoácido rapidamente. Assim, não consegue suprir a demanda, carecendo de reposição com alimentos ou suplementos.

glutamina engorda ou emagrece? suplemento

Atletas e pessoas fisicamente ativas devem priorizar o consumo desse aminoácido, evitando períodos de catabolismo e mantendo o funcionamento correto do corpo. A glutamina é utilizada como fonte de energia para o sistema imunológico, prevenindo o cansaço e os períodos de fadiga após a prática intensa de exercícios.

A deficiência de glutamina, condição chamada de overtraining, causa sintomas como baixo desempenho durante os treinos, cansaço, fadiga muscular, náuseas e até oscilações de humor.

Glutamina engorda ou emagrece?

Para quem desconfia que a glutamina engorda, uma boa notícia: a substância afeta apenas os músculos, não causando nenhum efeito sobre as reservas de gordura. Inclusive, quando há deficiência de glutamina no organismo, o corpo quebra tecido muscular para conseguir o aminoácido extra, causando a perda de massa magra.

Ou seja, com os níveis saudáveis de glutamina no sistema, é possível ainda perder gordura e ganhar massa muscular. Porém, ao passar por um aumento muscular como resultado da hipertrofia, os números na balança podem subir, levando em consideração que a massa pesa mais que a gordura.

Outros benefícios da glutamina são:

- fortalecimento do sistema imunológico

- melhora no funcionamento do intestino e na absorção de nutrientes

- controle de desequilíbrios hormonais

- controle dos níveis de açúcar na corrente sanguínea

- auxílio na eliminação de amônia do organismo após os exercícios físicos.

Quanto à dúvida se glutamina engorda ou emagrece, a resposta é: nenhuma das opções. A substância ajuda na manutenção e no ganho de massa muscular, desde que seja consumida de forma adequada e acompanhada da prática de exercícios físicos.

Tirou suas dúvidas? Conte para nós! E aproveite para conferir outras dicas de saúde e atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
hipertrofia
massa magra
gordura corporal
fadiga muscular

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ