Musculação

30/07/2015 01:03 - Atualizado em 13/01/2017 11:01

Exercícios na cadeira flexora garantem pernas fortes e torneadas

A cadeira flexora estimula os músculos posteriores das coxas através da movimentação dos joelhos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O aparelho que visa à tonificação dos músculos posteriores das coxas é popular entre as musas fitness e deve entrar já no seu treinamento de pernas. A cadeira flexora ajuda a criar um visual harmonioso, livre de gordurinhas acumuladas.

Esse é um equipamento de cadeia cinética aberta. No exercício, quadril e tornozelo ficam imóveis, enquanto o joelho é estendido. Segundo Ana Lúcia Borella, professora da Fórmula Academia, Unidade São Bernardo do Campo-SP, a cadeira flexora estimula regiões específica das pernas.

“Ela trabalha fortemente os isquiotibiais, solicitando as suas porções: semitendinoso, semimembranoso e bíceps femural”, cita. O resultado são pernas fortes e torneadas. Saiba mais sobre o exercício com esse aparelho.

cadeira flexora

Cuidados na cadeira flexora

O praticante de musculação deve cuidar para não ocasionar lesões. Ter intervalos no treinamento também é necessário para descansar os músculos.

De acordo com Ana, um cuidado básico é regular o apoio da coluna. “É necessário ajustar o aparelho de acordo com as dimensões do aluno, de forma que ele fique com a coluna bem apoiada”, alerta. Ana ainda salienta que a postura deve ser mantida durante toda a prática. “É necessário que o aluno não desencoste a porção lombar da coluna durante a realização dos movimentos.”

Uma das atitudes mais incorretas praticadas dentro das academias é utilizar máquinas ajustadas para outros alunos. Isso é um risco para a saúde e o bem-estar.

As atividades na cadeira flexora devem ser praticadas após o repouso das pernas. O ideal é apostar em, no mínimo, dois dias de descanso após a realização de movimentos para uma região muscular. Combine com o seu professor e monte o treino que garanta os intervalos regulares tão importantes para o desenvolvimento e o fortalecimento da musculatura.

Como usar a cadeira flexora

A cadeira flexora é é indicada para todos, desde que lesões e doenças sejam respeitadas. “É um aparelho muito usado em todas as fases de treinamento do indivíduo, salvo patologias com grande comprometimento da coluna vertebral, e pessoas com problemas de joelho. Pode-se reduzir o ângulo de flexão dos joelhos”, ressalta a professora.

Além do aparelho, outros exercícios contribuem para estimular a região posterior das coxas. A flexão de coxa deitada é um deles. O aluno fica deitado sobre uma mesa estofada. Em seus calcanhares, é apoiado um rolo. Com o peso ajustado de maneira correta, o praticante faz força e traz o rolo para cima, dobrando os joelhos.

A flexão de perna de pé é semelhante ao exercício deitado. As diferenças se encontram na unilateralidade - os exercícios são feitos com uma perna de cada vez - e na possibilidade da prática do exercício com o uso de caneleiras.

Você utiliza a cadeira flexora no seu treino? Gosta desse exercício? Deixe um comentário! E confira mais dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
pernas
flexão
joelho
coxas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ