Musculação

29/05/2015 02:27 - Atualizado em 07/12/2016 08:53

Entenda os tipos de contração muscular e como elas atuam no treino

As contrações variam de acordo com o esforço realizado, considerando força e resistência do movimento.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Quando você realiza uma ação de força, seja praticando um exercício físico ou uma atividade do cotidiano, ocorrem diferentes tipos de contração muscular, que variam de acordo com o esforço feito. O efeito no músculo também muda, causando resultados diferenciados no ganho de massa de cada parte do corpo, por exemplo.

Os tipos de contração muscular são a isotônica, que se divide entre concêntrica e excêntrica, e isométrica. A diferença entre elas é que a primeira corresponde ao movimento muscular, e a segunda às ações em que o músculo fica estático.

tipos de contracao muscular

Conheça os tipos de contração muscular

Toda força gerada dentro do corpo humano é produzida por uma contração muscular. Um músculo se contrai por meio da estimulação, em uma tentativa de unir suas extremidades, podendo resultar no encurtamento e no alongamento do músculo, ou ainda deixando-o estático, sem movimento.

tipos de contracao muscular

Existem dois tipos de contração muscular: a isotônica, que é quando a contração gera algum tipo de movimento no músculo, subdividindo-se em contração concêntrica e contração excêntrica; e a isométrica, que ocorre caso a contração muscular não resultar em nenhum tipo de movimento.

A chamada contração concêntrica (dinâmica positiva) é quando ocorre o encurtamento do músculo para suportar o peso, aumentando o movimento articular e o encurtamento à medida que a tensão também aumenta.

Já a excêntrica (dinâmica negativa) é o alongamento do músculo. As fibras musculares trabalham de maneira controlada para desacelerar os movimentos, pois a resistência externa ultrapassa a força muscular e o músculo se alonga conforme a tensão aumenta.

A contração isométrica ocorre quando um músculo produz força sem alterar o ângulo da articulação. Ele não consegue superar a resistência externa e mantém-se estático, apenas sustentando o peso. Normalmente, é usada para manutenção da postura, pois estabiliza as articulações.

Como funcionam as contrações 

Para entender como o corpo aplica os tipos de contração muscular, veja alguns exemplos.

tipos de contracao muscularNa contração concêntrica, ao elevar um haltere da posição do cotovelo estendido para a posição flexionada, ocorre o encurtamento do músculo do bíceps. A origem e a inserção da contração se aproximam, produzindo a aceleração de segmentos do corpo. Ou seja, ela acelera o movimento.

A contração excêntrica ocorre quando o o haltere é abaixado lentamente contra a força da gravidade, gerando um alongamento do músculo bíceps. Nesse caso, a origem e a inserção se afastam, produzindo a desaceleração, e fornecem absorção de choque (amortecimento). Nesse caso, ela freia o movimento.

A contração isométrica se caracteriza quando um objeto pesado é segurado nas mãos com os cotovelos flexionados em 90 graus, sem movimento de encurtamento ou alongamento, mantendo os músculos estáticos.

Durante os exercícios, impõe-se a resistência sobre uma força realizada, podendo ocorrer três situações: a força superar a resistência, a força ser superada pela resistência e a força ser igual à resistência. Os tipos de contração muscular trabalham dessa forma:

- Contração concêntrica: quando a força é maior que a resistência, fazendo com que o movimento desejado seja concretizado

- Contração excêntrica: quando a força é menor que a resistência, fazendo com que o movimento desejado não seja concretizado

- Contração isométrica: quando a força é igual a resistência, fazendo com que não haja movimento.

Aprendeu a diferença entre os tipos de contração muscular? Conte para nós! E continue ligado no Vivo Mais Saudável para conferir outras dicas para melhorar sua qualidade de vida.

TAGS
força muscular
resistência física
exercícios
treino

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ