Musculação

04/12/2014 09:14 - Atualizado em 06/12/2016 02:32

Creatina: Conheça benefícios e riscos do uso

Creatina é um dos suplementos alimentares mais procurados nas academias.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A creatina está presente na lista dos suplementos alimentares mais procurados pelos praticantes de atividades físicas, principalmente entre aqueles que buscam aumento de massa muscular e melhor desempenho nos exercícios.

O que é a creatina

A substância é uma combinação dos aminoácidos arginina, metionina e glicina. Na alimentação, a fonte da creatina está em peixes e carne vermelha. No entanto, é comum que atletas obtenham essa substância por meio de suplementos, a fim de alcançar melhores resultados na prática de esportes.

creatina

A creatina é encontrado em pó (com maior concentração da substância), em forma líquida (facilita a absorção pelo organismo) e também em tabletes e cápsulas.

Há diferentes tipos desse suplemento:

Monohidratada – Formada pela associação de 03 aminoácidos: a arginina, a glicina e a metionina. É conhecida por seus efeitos ergogênicos sobre a massa muscular e desempenho nas atividades físicas.

Micronizada – Serve para maximizar a quantidade de ATP no músculo esquelético, responsável pela explosão de força. É indicada por isso para aperfeiçoar o rendimento dos atletas praticantes de atividades físicas intensas.

Creatina Alcalina - Menos popular, a creatina alcalina possui o pH maior do que as outras. Assim, o resultado é que a molécula permanece mais estável em contato com substância líquida.

Benefícios da creatina

Entre os benefícios ligados ao uso, o mais conhecido sem dúvida é a explosão de força. A creatina pode aumentar o desempenho do atleta em atividades que exigem grande esforço em intervalos pequenos, como aqueles que duram menos de um minuto, por exemplo.

Vários outros esportes também podem ser beneficiados por essa propriedade da creatina, como corrida e natação, que possuem provas mais velozes e curtas, e, pela força necessária para o levantamento de peso, a musculação.

A creatina ainda auxilia no aumento da massa muscular, da energia, da capacidade de regeneração muscular, o que reduz o risco de inflamações nas células musculares.

Riscos da creatina

O suplemento alimentar já esteve envolvido em diversas polêmicas, principalmente por ter sido associado ao uso de anabolizantes. A suplementação inclusive passou cinco anos proibida no Brasil, o que ajuda que ainda seja mal vista pela classe médica em geral.

Um dos argumentos para a proibição médica e de especialistas em nutrição esportiva é de que a substância pode atrapalhar as funções dos rins e do fígado, o que é defendido não apenas em relação à creatina, mas também sobre diversos outros suplementos ligados à prática esportiva.

Segundo estudos, a sobrecarga aconteceria porque as células dos rins entrariam em fadiga pela quantidade excessiva de creatina, além das outras substâncias que normalmente o órgão metaboliza.

Para quem defende o uso da suplementação, esse risco é inexistente, uma vez que não há evidência científica que confirme essa ligação com o cálculo renal. Eles esclarecem que a origem do cálculo renal conhecidamente está ligada ao excesso de cálcio no organismo.

Em contraponto a esses possíveis riscos, o uso do suplemento já foi indicado por pesquisadores como alternativa no tratamento até mesmo de diabéticos, motivo pelo qual defendem que possa e deva ser feito inclusive por não atletas.

Além disso, uma pesquisa realizada pela Escola de Educação Física e Esporte da USP, divulgada em 2008, concluiu que a suplementação de creatina não gerou sobrecarga nos rins de praticantes de atividades físicas na média de 24 anos.

Diante da polêmica, o melhor mesmo é só recorrer a esse suplemento sob supervisão e orientação de um médico. Gosta das nossas dicas de atividade física? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
suplemento
atividade física
musculação

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ