Musculação

12/08/2015 07:03 - Atualizado em 30/09/2016 04:43

Confira 5 alimentos que aumentam a massa muscular

O atum é prático de carregar, possui óleos essenciais e é ótima fonte proteica.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O famoso frango com batata-doce, aquele que está na marmita das musas Gracyanne Barbosa e Juju Salimeni, é um item indispensável na conquista do corpo malhado e com pouca gordura. Mas há outros alimentos que aumentam a massa muscular, ajudando a potencializar o treino e a recuperar a musculatura.

Geórgia Bachi, nutricionista especializada em nutrição esportiva e suplementação alimentar, destaca a importância dos exercícios físicos na saúde e no desenvolvimento da massa muscular. “É fundamental um treinamento dentro de um ginásio, de modo a quebrar tecido”, comenta.

Segundo a profissional, os alimentos que ajudam a aumentar a massa entram como forma de suprir as necessidades do organismo para reparar os tecidos do corpo. As proteínas - encontradas na clara de ovo e no frango, por exemplo - são responsáveis pelo reparo, enquanto os carboidratos garantem a energia indispensável para assegurar treinos pesados.

alimentos que aumentam a massa muscular homem puxando ferro

5 alimentos que aumentam a massa muscular

Clara de ovo

É uma proteína completa e de alta qualidade. Conta com aminoácidos com funções na reparação dos tecidos musculares.

Frango

É ótima fonte de vitaminas do complexo B, em especial B2, B6 e B12. Possui altas concentrações de aminoácidos essenciais para a construção muscular, além de enzimas. Também apresenta menores níveis de gordura saturada, quando comparada com a carne vermelha.

Atum

É uma excelente fonte proteica. Prático, o alimento possui óleos essenciais com importante função de regular o organismo.

Aveia

A fibra existente na aveia ajuda no transporte do colesterol para fora do organismo, diminuindo o risco de doenças do coração e regulando os movimentos do intestino.

Batata-doce

Ela gera energia de forma constante, assim como o macarrão e o arroz integral.

Geórgia explica que, apesar de os nutrientes serem os mesmos para todos, os seres humanos possuem diferentes tempos para digerir e utilizar cada um deles. Desta maneira, todos contam com necessidades distintas e precisam respeitar essa individualidade.

Na literatura, é indicado o consumo de até dois gramas de proteína por quilograma corporal. Porém, o número exato depende, entre outras fatores, do peso atual e da quantidade de gordura e de massa muscular. Todos esses dados são analisados pelo nutricionista.

Antes ou depois do treino?

alimentos que aumentam a massa muscular marombeiro comendoEssa é uma preocupação natural de quem está ligado na importância das refeições para o aumento da massa muscular.

Geórgia frisa a necessidade do corpo por nutrientes, tenha você ido à academia ou não. “Não podemos distinguir uma refeição como mais importante que outra. Precisamos nos alimentar bem de seis a sete vezes por dia”, comenta.

Não existem regras. Enquanto algumas pessoas precisam da mesma proporção de proteínas, gorduras e carboidratos em todas as seis ou sete refeições do dia, outras necessitam de proporções variadas de nutrientes para atingir os resultados esperados, ou mesmo um bom nível de energia e bem-estar.

É importante lembrar que os suplementos não substituem a comida, mas são aliados para suprir de maneira rápida os níveis de nutrientes que o corpo necessita repor em períodos específicos

“Eles são bem-vindos desde quando estamos com um simples resfriado, assim como após uma atividade desgastante e, sobretudo, em momentos em que exista alguma carência nutricional”, finaliza a especialista.

Você já conseguiu aumentar a massa muscular com o treino da academia? Pensa em partir para uma dieta mais rigorosa? Conte para nós! E aproveite para conferir outras dicas do Vivo Mais Saudável sobre alimentação e exercícios.

TAGS
academia
bodybuilding
dieta pós-treino
proteínas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ