Musculação

01/02/2016 02:00 - Atualizado em 10/12/2016 02:31

Bumbum na nuca: Aposte em exercícios e boa alimentação

Os estímulos certos ajudam a eliminar gordura e tonificar os músculos da região.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A expressão “bumbum na nuca” ficou famosa entre os seguidores da musa fitness Gracyanne Barbosa. Conhecida por seu corpo escultural, a ex-dançarina do grupo Tchakabum hoje é patrocinada por marcas de suplementos alimentares e trabalha como modelo fitness. Para manter o estilo, ela investe numa alimentação regrada e em treinos pesados.

Nem venha culpar a genética: o bumbum empinado é fruto do esforço diário. É preciso muita resistência para driblar os lanchinhos tentadores e seguir corretamente o plano de exercícios. Quer ver dicas para garantir o derrière que você sempre sonhou? Confira a seguir.

mulher treina para ter bumbum na nuca

Segredos para um bumbum na nuca

Para ficar com o bumbum lá em cima, você deve estar disposta a abrir mão de alguns hábitos alimentares. Comer chocolate, por exemplo, deixará de ser realidade por um bom tempo. Aquela pizza de domingo não será a opção mais adequada. A sua dieta provavelmente será à base do famoso combo frango + batata-doce.

Segundo Rafael Miranda, professor da academia Fórmula de Osasco-SP, com aproximadamente dois meses de treino é possível notar resultados. Os melhores exercícios para um bumbum na nuca são os que englobam a alça do agachamento: afundo, levantamento terra e o próprio agachamento, em suas variações.

Além de uma boa dieta prescrita por um nutricionista, a "frequência nos treinos é de total importância", lembra Rafael. Apostar no agachamento - odiado por muitas mulheres - é o segredo de quem tem o derrière durinho e arrebitado. Esse exercício tem até 90% de ativação muscular do glúteo, ou seja, é perfeito para esse objetivo.

Outros exercícios, como quatro apoios e flexão de quadril, também são boas opções para complementar o treino. Eles são mais isolados e estimulam regiões específicas do bumbum. Vale a pena tentar!

Bumbum turbinado

De acordo com Rafael, os exercícios não fazem milagres de uma hora para a outra, então é necessário deve manter rotina regrada de malhação e alimentação para poder melhorar os resultados. Se você é fã dos exercícios físicos e não abre mão de uma alimentação balanceada, saiba que já está no caminho certo.

Para potencializar os resultados, porém, você pode optar por tratamentos estéticos. Eles ajudam a eliminar as celulites que parecem nunca sumir e a atenuar as estrias que atrapalham o visual.

A drenagem linfática, por exemplo, é uma ideia para quem deseja remover o excesso de líquidos nas pernas e nos glúteos. Essa técnica ajuda a "secar" o corpo e a diminuir as celulites. O ideal é contar com o auxílio de um biomédico esteta ou de um dermatologista, profissionais adequados para indicar o melhor tratamento.

Pronta para ficar com o bumbum na nuca? Ou ainda tem preguiça de começar? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de beleza e alimentação aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
glúteos
agachamento
rotina de treinos
bumbum durinho

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ