Musculação

24/11/2015 09:04 - Atualizado em 28/11/2016 09:04

Bulking: Veja como ganhar massa magra com saúde

Consumo de muitas calorias tem como objetivo o aumento dos músculos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Provavelmente você já ouviu por aí que a musculação colabora tanto para a queima de calorias quanto para o desenvolvimento de músculos. O que muitos não sabem é que esses são processos distintos, chamados respectivamente de cutting e bulking. Enquanto o primeiro investe na eliminação da gordura corporal, o segundo propõe o aumento da massa magra.

Ambas as etapas são seguidas com exercícios físicos aliados a uma alimentação específica. Confira a seguir algumas dicas e curiosidades para conquistar o corpo dos sonhos.

homem forte comendo frango pra fazer bulking

Entenda o bulking e o cutting

Grande parte dos adeptos da musculação busca o aumento da massa muscular, ou seja, um corpo maior e mais forte. Esse processo é chamado de bulking e funciona com a ingestão de um número de calorias superior à queima. No entanto, essa dieta hipercalórica deve ser saudável, incluindo carnes magras, ovos e laticínios livres de gordura.

Na fase do bulking, é preciso muita disciplina em relação ao cardápio e às atividades físicas. O atleta deve investir em exercícios aeróbicos como corrida, luta e ciclismo para evitar os ganhos de gordura. Ao mesmo tempo, precisa comer de três em três horas para não ocasionar a queima de massa magra.

O que ocorre é que a dieta "para engordar" às vezes sai do controle, colaborando para o aumento da gordura corporal. Para eliminá-la e, assim, atingir um bom nível de definição muscular, recorre-se ao chamado cutting.

Esse processo é realizado especialmente por fisiculturistas profissionais antes das competições. Eles apostam em uma dieta rica em proteína e pobre em carboidratos. O resultado é a eliminação da gordura sem abrir mão da massa magra.

Saiba Mais
Carne vermelha favorece ganho de massa muscular
Veja como funciona a dieta para ganhar massa magra
Como aumentar a massa muscular com saúde

Saúde aliada à força

Algumas pessoas acabam se equivocando ao pensar que o período de bulking significa ingerir qualquer tipo de alimento sem culpa. Esse processo de aumento de massa está associado à queima de gordura. Ou seja, quanto mais alimentos "errados" forem ingeridos, mais difícil será alcançar a definição total.

Por exemplo, um hambúrguer pode, de fato, ajudar a aumentar a massa, mas será preciso suar muito para eliminar a gordura que o lanche traz ao organismo. Por isso, é importante estar atento ao processo desde o início. A preferência é por alimentos ricos em proteínas boas, que contribuam para a formação muscular saudável.

Para resultados mais positivos, o acompanhamento de um nutricionista é muito importante. Um profissional qualificado poderá indicar quais são os alimentos mais eficazes para atingir com saúde os resultados esperados no treino.

Tanto o bulking quanto o cutting devem ser feitos de forma correta e consciente, visando a um aumento de massa muscular saudável. Dessa maneira, os resultados tendem a ser mais efetivos e permanentes.

Você já fez alguma dieta radical para ficar mais forte? Deu certo? Deixe um comentário e compartilhe sua história conosco! Aproveite também para conferir outras dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
dieta hipercalórica
hipertrofia
massa muscular
fisiculturismo

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ