Musculação

10/07/2015 03:37 - Atualizado em 29/11/2016 08:37

Bodybuilding: Transformação do corpo vai além do treino pesado

Disciplina, alimentação balanceada e exercícios puxados são parte do cotidiano.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A busca pelo corpo perfeito não é fácil. Alimentação balanceada, treino pesado e muito comprometimento e disciplina fazem parte da rotina dos atletas de bodybuilding, mais conhecido no Brasil como fisiculturismo.

O plano de exercícios dessa modalidade visa ao fortalecimento e ao aumento dos músculos corporais. Chamado de bodybuilder, o atleta busca resultados que vão além do treino cotidiano e, geralmente, compete de forma profissional em eventos especializados.

bodybuilding

O treino de bodybuilding

O fisiculturista, ou bodybuilder, tem como objetivo conquistar uma definição perfeita através da hipertrofia, o aumento dos constituintes e das funções celulares. O treino costuma envolver três etapas:

1. Off season

Também conhecida como a fase de hipertrofia, essa etapa representa o foco total no ganho de massa muscular. Com dieta hipercalórica e treino pesado, o atleta deve aumentar o volume dos músculos.

2. Definição

Esse é o momento em que o treino e a dieta focam na perda de gordura e de líquido subcutâneo. O objetivo é conquistar uma definição aparente. A alimentação durante essa fase exige comprometimento e determinação do atleta, uma vez que dispensa uma série de alimentos que potencializam o acúmulo de líquidos.

3. Transição

Também conhecida como fase regenerativa. Esse é o estágio de descanso fisiológico do atleta de bodybuilding. Após a competição, é proposto um treinamento moderado, capaz de manter a forma. É quando o corpo tem um tempo de descanso até a próxima competição.

As competições julgam os atletas em diversas condições, tais como tamanho dos músculos, proporção, definição, força e estética.

O trabalho de bodybuilding é contínuo, englobando cuidados antes, durante e depois de cada competição. O empenho e a determinação são fatores cruciais para a obtenção do sucesso na modalidade.

Os cuidados com a saúde

A alimentação, especialmente na primeira fase, envolve muitas proteínas e carboidratos, visando à conquista de massa muscular. No entanto, é essencial lembrar que, para o bom funcionamento do organismo, o corpo humano necessita receber todos os nutrientes da pirâmide alimentar.

A realização extenuante de exercícios físicos também pode ser prejudicial à saúde. Mesmo com um treino puxado, o corpo precisa de descanso para poder recuperar os tecidos e, assim, evitar lesões graves.

O uso de anabolizantes também é contraindicado na modalidade, assim como em qualquer atividade física. Os hormônios sintetizados são proibidos e podem causar danos graves à saúde.

O acompanhamento de um preparador físico é muito importante para o sucesso na modalidade. O profissional estará qualificado para indicar os exercícios mais efetivos para a estrutura corporal do atleta, bem como a alimentação ideal para alcançar os resultados esperados.

O bodybuilding é um esporte que exige concentração e disciplina. É preciso, além de tudo, cuidado para não colocar o organismo em situações de risco. Ter consciência corporal, ou seja, saber até onde o corpo pode ir, é fundamental na prevenção de possíveis problemas.

Muito mais que levantar pesos e ganhar massa muscular, esse é um caminho para atletas que visam à superação. O esporte combina com o seu estilo de vida? Você estaria disposto a embarcar no mundo do fisiculturismo? Deixe sua opinião nos comentários! E aproveite para conferir outras dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
treino pesado
fisiculturismo
definição muscular
massa muscular

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ