Musculação

24/05/2015 10:31 - Atualizado em 12/11/2016 02:48

Aumente a massa muscular sem descuidar da saúde

O chamado overtraining pode ser causado pelo excesso de treinos sem repouso adequado.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Se você quer aumentar a massa muscular, vai precisar de treinos árduos, alimentação regrada e de um descanso sagrado. É essa combinação que dá forma aos corpos torneados. Também é importante fugir de hormônios e do chamado overtraining.

Quer saber por quê? Confira dicas para potencializar o treino e saiba como garantir o corpo dos sonhos sem prejudicar a saúde.

massa muscular

Dicas para aumentar a massa muscular

Pratique o aeróbico só depois

Você precisa dar tudo de si. Para aproveitar a energia retirada dos carboidratos, vá com tudo para o treino de força. Inicialmente, esqueça o aeróbico. Ele é indicado para o “cutting”, fase em que você procura perder os níveis de gordura criados durante o crescimento muscular.

Mude os estímulos

Jamais faça treinos iguais por muito tempo. Analise os seus exercícios, verificando quais músculos estão estagnados e não apresentam crescimento de massa muscular.

Descanse sempre

O relaxamento garante a regeneração dos músculos. Aposte em noites tranquilas, lembrando de alternar os treinamentos. Dica: se segunda-feira é o dia de treino de pernas, na terça-feira você pode escolher os exercícios para os músculos da parte superior do corpo.

Não tenha medo de comer

O segredo do crescimento muscular é o consumo maior de carboidratos e proteínas. Para saber a quantidade adequada de cada um deles, marque horário com um nutricionista.

Capriche no pré e no pós-treino

O pré o responsável pela criação de energia, essencial para a intensidade dos exercícios. O pós é importante para a regeneração muscular, garantindo resultados. Cuidados com a alimentação são importantes tanto antes quanto depois da atividade física.

Beba muita água

Ela garante um organismo hidratado e contribui no processo para adquirir massa muscular.

Cuidados com a saúde

Suplementos alimentares ajudam, mas devem ser controlados. Whey protein, glutamina, creatina e tantos outros ajudam a repor substâncias do organismo, mas podem prejudicar os resultados esperados. Na dúvida, é melhor se consultar com um nutricionista.

Outro problema de alguns apaixonados por academia é o overtraining. Causado pelo excesso de estímulos, esse distúrbio é capaz de diminuir os níveis de condicionamento físico, aumentar a sensação de fadiga e motivando dores musculares.

O overtraining acontece devido à elevação dos níveis do hormônio cortisol. Também pode ser visto em indivíduos com pouco consumo de proteínas, com sintomas de estresse e com pouco tempo de descanso. A única forma de controlar esse distúrbio é diminuir a intensidade dos treinos. Aposte no repouso e lembre-se de garantir momentos de tranquilidade.

Por fim, fique longe dos anabolizantesSejam via oral ou injetáveis, eles são a saída encontrada por muitos para implementar os níveis de força e aumentar os ganhos de massa muscular. Porém, essas substâncias são indicadas para o tratamento de doenças sérias, como câncer de mama, deficiência de testosterona e desnutrição.

Com venda controlada, os hormônios podem acarretar problemas como arritmia cardíaca, anomalias nos órgãos sexuais, impotência, crescimento anormal de pelos, voz grossa, irritabilidade, problemas renais e hepáticos e até a morte.

Gostou das dicas para aumentar a massa muscular? Deixe um comentário! E continue acompanhando o Vivo Mais Saudável para conferir novidades de atividade física.

TAGS
treino
massa magra
dieta
overtraining

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ