Musculação

10/11/2015 09:00 - Atualizado em 31/10/2016 11:05

Aprenda como fazer flexão da maneira correta

Praticante deve estar atento à posição e ao relaxamento do corpo para evitar problemas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você sabe como fazer flexão com segurança? Apesar de ser uma atividade bastante popular nas academias, a execução ainda é motivo de dúvida para alguns praticantes, o que coloca em risco a saúde da pessoa e os resultados positivos da atividade.

Higor Cavalcante, professor da academia Smart Fit, conversou com o Vivo Mais Saudável e trouxe dicas importantes para você fazer flexão sem erros. Aprenda a inserir esse exercício corretamente em seu treino e desfrute de mais bem-estar.

mulher sarada que sabe como fazer flexão

Aprenda como fazer flexão de forma segura

Segundo o professor Higor, a posição correta para fazer flexão é em decúbito ventral - peitoral direcionado ao solo -, com as mãos ligeiramente afastadas, formando um ângulo de 90 graus na flexão dos cotovelos.

As pernas devem ficar estendidas e os pés, unidos. Você poderá afastá-los para deixar o movimento mais fácil ou até mesmo apoiar-se sobre os joelhos. O exercício consiste em flexionar e estender os cotovelos, formando um ângulo de 90 graus no processo.

Entre os principais erros na execução do exercício, Higor aponta o posicionamento errado das mãos, o relaxamento da musculatura abdominal - o que sobrecarrega a região lombar - e a diminuição do arco de amplitude do movimento.

Saiba Mais
Saiba por que o aquecimento é fundamental antes da malhação
Flexão com um braço pode definir músculos do peitoral
Confira os melhores tipos de agachamento para ficar com tudo em cima

Segundo o professor, não existe um número ideal de flexões. "A quantidade irá de acordo com o nível de treinamento do praticante. Para um indivíduo com baixo índice de condicionamento, o ideal seria executar de uma a duas séries com até 15 movimentos - se necessário, utilizando os joelhos como apoio para facilitar o movimento", esclarece Higor.

As flexões podem ser utilizadas antes do treino, como forma de aquecimento e lubrificação das articulações, ou mesmo durante ou depois de uma série pesada, visando à maior ativação de fibras. Isso intensifica o grupamento muscular envolvido no treinamento.

Fazer flexão traz benefícios

Segundo Higor, como aquecimento você pode preparar a musculatura peitoral para um treinamento mais intenso. A prática tende a diminuir o risco de lesões articulares nos ombros.

Já como pós-exercício, você pode aumentar a intensidade de um treino e, com isso, gerar mais microlesões na fibra, o que é benéfico, desde que não haja o overtraining. A consequência é o aumento da massa muscular.

Lembre-se que é importante ter o acompanhamento de um educador físico para que ele possa lhe orientar sobre a execução correta do movimento. Outro cuidado importante envolve o desenvolvimento da consciência corporal: aprenda a conhecer os limites do próprio corpo.

Fazer flexão de maneira correta colabora não só com músculos mais fortes e definidos, mas também para você ter mais saúde no dia a dia.

As flexões fazem parte do seu treino? Quantas você consegue fazer? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
flexão de braço
aquecimento
pós-treino
hipertrofia

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ