Exercícios e Treinos

04/03/2016 11:00 - Atualizado em 09/12/2016 04:48

Treino turbinado: Saiba o que comer antes de correr

Isotônicos e frutas ajudam a compor a dieta dos praticantes de corrida.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Saber o que comer antes de correr garante mais energia para o treino e um melhor aproveitamento dos nutrientes pelo organismo. Com a alimentação correta, o condicionamento físico aumenta e o ritmo das passadas fica acelerado.

A nutricionista esportiva Geórgia Bachi resume: alimentar-se bem é importante para "gerar energia e, com isso, o praticante obter uma melhor performance". O lanche pré-treino de corrida também ajuda a evitar o catabolismo, a quebra de tecido muscular. Veja a seguir o que não pode faltar à mesa.

casal que sabe o que comer antes de correr

Afinal, o que comer antes de correr?

A alimentação para os treinos de corrida deve ser encarada como uma maneira de conquistar mais energia para a prática. Geórgia comenta a importância da escolha certa para não comprometer o exercício. “Não podemos optar por itens pesados, que irão acabar gerando desconforto e ânsia ao longo da prova”, afirma a nutricionista.

As melhores opções, de acordo com ela, são as fontes de energia como frutas e bebidas isotônicas. Suplementos à base de carboidratos - como dextrose, maltodextrina e waxy maize - também podem ser administrados com essa função. Já alguns aminoácidos entram para combater a fadiga muscular. É o caso do BCAA.

Participantes de competições longas devem ser ainda mais regrados na dieta. A alimentação deve começar seis horas antes da prova, com uma refeição rica em carboidratos - macarrão, pão etc. Duas horas antes da largada, um sanduíche de ovos mexidos é uma boa dica. “No local, a pessoa poderá ingerir isotônicos, água de coco e bastante água mineral”, lista Geórgia.

Para o pós-treino, o famoso whey protein entra em cena. Ele é constituído de proteínas de rápida absorção, sendo a maneira mais eficaz de repor de forma rápida e dinâmica os nutrientes de que o corpo necessita após uma prova desgastante. Para completar, vale consumir fonte de carboidratos, como uma porção de frutas com aveia.

Vale lembrar que cada organismo reage de maneira diferente ao treino e, por isso, indica-se procurar um nutricionista para avaliar o que comer antes de correr.

5 motivos para começar a correr

Não existem restrições. A corrida é uma atividade física gostosa, fácil e barata. A seguir, confira cinco motivos para calçar os tênis e começar!

1. Aumenta o trabalho fisiológico, pois mantém o corpo em alta rotação e pede mais energia, gerando gasto calórico

2. Renova o bom humor, liberando endorfinas ao longo da prática

3. Melhora a circulação sanguínea

4. Ajuda a controlar a pressão arterial, diminuindo as chances de hipertensão

5. Auxilia na capacidade pulmonar, melhorando o fôlego do praticante devido à alta intensidade.

Aprovou as dicas? Então aproveite e compartilhe o artigo com seus seguidores nas redes sociais! Se você tem alguma dúvida ou sugestão, deixe um comentário e colabore com a troca de ideias entre os leitores do Vivo Mais Saudável.

TAGS
treino de corrida
alimentação
pré-treino
carboidratos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ