Exercícios e Treinos

27/07/2014 12:30 - Atualizado em 07/12/2016 08:22

Treino com medicine ball pode ser um exercício completo

Se a sua prática for por exercícios de explosão muscular, a medicine ball pode lhe dar uma ajudinha.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A medicine ball é um equipamento utilizado em treinamentos de reabilitação e força. A bola possui, geralmente, cerca de 35 centímetros de diâmetro - é aproximadamente a largura dos ombros de uma pessoa.

Conheça a medicine ball

Ela tem um papel importante na medicina esportiva, mas não deve ser confundida com a bola suíça, utilizada para outros tipos de exercícios - essa é maior e constituída de um material diferente.

medicine-ball

A medicine ball pode ser encontrada em pesos diferentes, que podem ir de 1 a 10 kg. São particularmente eficazes em treinamentos de pilometria - uma forma de exercício que busca a máxima utilização dos músculos, em movimentos de explosão - e exercícios funcionais, todos excelentes para desenvolver a força, equilíbrio e estabilidade. O objetivo principal, é claro, costuma ser definir os músculos do corpo.

Diferenciais da medicine ball

A medicine ball é feita de borracha e pode ainda conter alças laterais, que facilitam alguns movimentos e ampliam o leque de exercícios a serem praticados com ela. Existem inúmeras possibilidades de treinos com a bola, o que pode fazer a sua rotina de exercícios se tornar muito mais interessante e menos monótona.

Esse equipamento é indicado tanto para atletas experientes quanto para iniciantes, sejam adultos, adolescentes ou crianças.

Como a bola não limita os movimentos do seu corpo, pode ser utilizada até mesmo para reproduzir movimentos de alguns esportes, aperfeiçoando técnicas de tênis, basquete e vôlei, por exemplo. E ainda pode, é claro, ser incorporada para potencializar a musculação, seja na academia ou em casa.

Podem ser trabalhados desde o bíceps e tríceps até outros músculos mais difíceis de movimentar em exercícios padrão, como os das costas e da parte lateral do corpo. É uma ótima opção, também, para incrementar o treino de abdominais, acrescentando uma dificuldade extra.

No caso das crianças, além de tornar o treino mais divertido e dinâmico - o que é fundamental para que elas não percam o interesse e a motivação -, a medicine ball é uma excelente maneira de trabalhar a sua coordenação motora. Mas é preciso atentar para o modelo correto, com o peso adequado para cada pessoa.

Sugestão de exercício

Em uma academia, com o auxílio de um profissional de educação física, você poderá conhecer inúmeras opções de exercícios com a medicine ball. Mas vamos mostrar pra você um deles, que vai trabalhar o peito, ombros e tríceps.

Primeiro, deite-se de costas, com os joelhos dobrados e os pés plantados no chão. Com os braços estendidos, segure a bola acima do seu peito. Flexione os cotovelos e traga-a na direção do peito, jogando-a reto para cima em seguida. Segure-a novamente, dobrando os cotovelos para absorver o impacto. Vá repetindo esse exercício até que os músculos comecem a fadigar.

Origem do nome

Mas por que, afinal, a medicine ball tem esse nome? No final do século 19, as palavras saúde (health) e medicina (medicine) eram praticamente sinônimos na língua inglesa. Hoje quando falamos em medicina imaginamos um hospital, um médico ou remédios, mas, como a bola integrava um grupo de equipamentos básicos para o condicionamento físico, era normal que esse termo fosse usado para explicitar que os exercícios feitos com o auxílio dela fazem bem para a saúde.

Dicas do preparador físico das estrelas: Vivo em Movimento com Marcio Atalla


Quais são os seus exercícios preferidos na academia? Você achou essa dica de medicine ball interessante?

TAGS
massa muscular
emagrecer

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ