Exercícios e Treinos

23/03/2016 05:00 - Atualizado em 06/12/2016 11:36

Rosca martelo não pode faltar no seu treino de braço

O exercício trabalha o bíceps e ainda traz bons resultados para os extensores dos dedos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Quer ter braços musculosos e definidos? Aposte na rosca martelo. Esse exercício importante do treino de membros superiores pode ser praticado por alunos iniciantes ou mais experientes. Para conhecer todos os detalhes e acertar no movimento, confira as dicas do professor Charles Santos, da academia Bio Ritmo.

homem pratica rosca martelo

Como praticar a rosca martelo

O exercício tem esse nome por imitar a maneira com que se segura e utiliza um martelo. Também chamado de flexão de cotovelo, o movimento é indicado para praticantes de musculação que buscam melhorar o antebraço e ganhar força na pegada. Alguns esportes também podem pedir a prática desse exercício, especialmente os que exigem muito do punho.

Os músculos envolvidos durante a execução da rosca martelo são o bíceps braquial e o braquiorradial. "Ela também aumenta a tensão nos extensores dos dedos", adiciona o professor. Porém, é necessário tomar alguns cuidados para prevenir lesões.

Não é difícil praticar a rosca martelo Se você seguir as indicações do professor de Educação Física que acompanha os seus treinos, certamente terá bons resultados. Para praticar, segure a barra e deixe os seus braços esticados. Em seguida, flexione os cotovelos e traga o peso até a altura da cintura. Volte lentamente para a posição inicial.

“Você pode realizar sentado ou em pé”, explica o professor. O movimento de flexão e de extensão do cotovelo deve ser feito com muito cuidado. O personal deve escolher um peso adequado para o seu condicionamento físico. O exagero na carga pode causar lesões e ainda dificultar a execução correta da atividade.

Os movimentos podem ser simultâneos ou alternados. Fique de frente para um espelho e controle a sua postura. Mantenha as costas alinhadas e tente não arredondar os ombros durante a execução. A maioria das lesões pode ser evitada se você ficar de olho no exagero de peso e na postura correta.

Como complementar o treino

A rosca martelo é um exercício simples e sem segredos. Todos podem praticar, desde que estejam livres de lesões nos membros superiores. Quem apresenta epicondilite, inflamação dos músculos e dos tendões do cotovelo, ou então tendinite no antebraço, por exemplo, deve optar por outro exercício. Se for o seu caso, converse com o seu ortopedista e com o instrutor da academia.

O professor Charles Santos recomenda dois outros movimentos que podem complementar os treinos de bíceps e garantir resultados mais consistentes. Além da rosca martelo, a rosca scott no banco e a rosca concentrada são as atividades indicadas. Pratique de duas a três séries até a falha. Lembre-se: mantenha o controle da velocidade e da amplitude de movimento para estimular os músculos corretamente.

Gostou das dicas de atividade física? Então aproveite para compartilhar o artigo com seus amigos marombeiros! E não se esqueça de conferir outras novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
bíceps
flexão de cotovelo
academia
cuidados

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ