Exercícios e Treinos

21/11/2015 02:34 - Atualizado em 04/12/2016 02:58

Pratique agachamento profundo sem riscos

A variação do agachamento tradicional ajuda a fortalecer os glúteos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Queridinho das marombadas, o agachamento profundo é um exercício que promete deixar o bumbum durinho e empinado. Um pouco diferente da versão tradicional, esse estilo de movimento prioriza a amplitude e a contração muscular, garantindo o desenvolvimento e o fortalecimento das pernas e dos glúteos.

Jana Motta, uma das musas fitness brasileiras mais famosas do Instagram, com mais de 400 mil seguidores, é adepta desse tipo de agachamento. E não há dúvidas de que, para ela, a malhação pesada dá resultado! Confira a seguir algumas dicas para investir no treino de glúteos sem riscos.

jana motta fazendo agachamento profundo

Agachamento profundo exige cuidados

Segundo o professor Felipe Linck Moehlecke, da academia Bio Ritmo, o agachamento profundo é uma variação do movimento tradicional. “Ele se denomina profundo por ter como característica o movimento com maior amplitude possível, tanto da articulação do joelho quanto do quadril”, explica.

A grande diferença desse exercício é a aproximação do quadril em relação ao solo. “A ativação é maior no grupamento muscular de glúteos, porém envolve contração muscular de coxas, panturrilhas e core”, comenta ele. Os benefícios também são relacionados à maior amplitude. “Ele faz com que essa musculatura seja mais exigida e tenha um melhor resultado.”

Para aproveitar as vantagens, porém, é indiscutível a necessidade da orientação profissional. O instrutor acompanha o exercício e identifica possíveis erros na execução. Além disso, lembre-se de realizar a atividade numa velocidade segura, respeitando os limites do seu corpo. “Nunca force seus movimentos além da sua capacidade física”, frisa Felipe.

Saiba Mais
Confira a importância do treino para pernas e aprenda exercícios
Bumbum durinho: Exercícios certos garantem os melhores resultados
Confira os melhores tipos de agachamento para ficar com tudo em cima

Por envolver um movimento que exige boa flexibilidade e condicionamento físico, o que nem todas as pessoas possuem, a prática do agachamento profundo pode ser perigosa. “É corriqueira a execução de forma errada, levando a um risco de lesão muito grande”, alerta o profissional.

mulher marombada fazendo agachamento profundo

Muito além do agachamento profundo

O exercício é ótimo, mas também pode ser substituído por versões menos arriscadas. “Você pode realizar agachamentos com amplitudes menores, usando até mesmo o seu próprio peso corporal como sobrecarga, cuidando sempre com a postura adotada no seu quadril, no tórax e nos joelhos”, exemplifica Felipe.

Outros exercícios, como leg press e agachamento tradicional, são boas dicas. Para facilitar a sua vida e garantir glúteos perfeitos, é possível até mesmo recorrer a soluções caseiras. “Realize o movimento de ‘sentar e levantar’ de uma cadeira, em que seu joelho forme um ângulo de 90 graus”, indica o professor.

Apesar de vantajosa, a atividade de agachamento deve ser controlada. Por envolver diversas articulações, você pode apresentar dores, caso execute a série incorretamente. O ideal é praticar exercícios em um academia. Felipe destaca: “Lembre-se sempre de buscar orientação junto ao profissional de educação física capacitado”.

Gostou das dicas de atividade física? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras novidades de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
tipos de agachamento
bumbum
glúteos
pernas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ