Exercícios e Treinos

06/11/2015 01:48 - Atualizado em 29/11/2016 09:17

Leg 45 não pode faltar no seu treino de pernas

Atividade contribui para membros inferiores mais definidos, trabalhando coxas e glúteos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Pernas torneadas, definidas e fortes demandam um treino eficaz. O leg 45, como ficou popularmente conhecido, é um exercício executado no leg press que ajuda no processo. Higor Cavalcante, professor da Smart Fit, contou ao Vivo Mais Saudável um pouco sobre essa atividade e deu dicas para não errar nas séries. Confira e garanta os melhores resultados!

mulher fazendo leg 45 na academia

Entenda o leg 45

O professor explica que o leg 45 é um exercício no qual o praticante se posiciona na cadeira, posicionada a 45 graus, e faz o movimento de pressão de pernas junto à plataforma onde ele apoia os pés. O treino consiste em efetuar extensões (fase concêntrica) e flexões (fase excêntrica) dos joelhos e do quadril.

Dentre os exercícios de membros inferiores, é um dos que mais ativam os músculos, já que utiliza mais de uma articulação durante o movimento. "Com isso, um número maior de fibras musculares é ativado e envolvido no processo de execução", conta Higor.

Saiba Mais
Confira a importância do treino para pernas e aprenda exercícios
Patinação no gelo é ótimo exercício para fortalecer as pernas
Saiba como engrossar as pernas com a musculação

Embora trabalhe praticamente toda a cadeia de membros inferiores, o destaque do leg 45 vai para a região das coxas e dos glúteos. Esses acabam sendo os principais beneficiados. Os pontos positivos são o aumento da força, da resistência e da massa dos músculos envolvidos durante o movimento.

Porém, é preciso cuidado. "Infelizmente, os erros mais comuns são a adaptação ao movimento, ou seja, fazê-lo fora da posição orientada a ser executada. Posicionar-se de lado na cadeira e trabalhar com cargas às quais ainda não se está adaptado, por exemplo", alerta Higor.

A melhor forma de praticar esse exercício com segurança é com a orientação de um profissional de Educação Física. O instrutor saberá indicar a posição correta e quanta carga cada aluno poderá utilizar durante a execução.

Alie o exercício a outras atividades

Apesar de positivo, o leg 45 deve ser inserido em um treino diversificado. Isso porque, quando uma única atividade é trabalhada constantemente, acaba sobrecarregando as articulações envolvidas.

É importante conversar com o educador físico da sua academia para que ele possa lhe orientar em uma série de exercícios variada. Assim, você não só evita lesões por sobrecarga, como também conquista uma definição muscular mais uniforme. Caso você sinta dores ou desconfortos fora do normal, a atividade deve ser interrompida imediatamente.

Lembre-se ainda que, além do treino, a sua alimentação também deve ser equilibrada. Unindo a prática regular de atividades físicas e um cardápio saudável, você potencializa os resultados e conquista um corpo ainda mais bonito, além de um organismo com mais saúde.

O leg 45 faz parte do seu treino? Qual a sua opinião sobre o exercício? Conte para nós! E aproveite para conferir outras dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
glúteos
coxa
leg press
membros inferiores

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ